As obras, cuja licitação foi ganha pelo Grupo Saceem, terão investimentos por cerca de US$100 milhões.

Pouco mais de US$100 milhões serão investidos na construção do Parque Agroalimentar de Montevideo, que se transformará no principal centro de distribuição logística alimentício do Uruguai.

Parque Agroalimentario Montevideo

Parque Agroalimentar de Montevideo

Os trabalhos começaram dia 11 de abril e durarão cerca de dois anos. O parque terá 95 hectares de superfície e contará com setores especializados para frutas, verduras, atividades logísticas, lavado, área de embalagem, seleção e congelados, entre outros; além de um centro de serviços e zonas de atividades industriais complementárias. Terá capacidade para cerca de 600 empresas, circulação diária de 15.000 pessoas e mais de 1.000 toneladas de alimentos.

Do investimento total, US$22 milhões virão do Banco da República do Paraguai, US$15 milhões do Ministério da Pecuária, US$30 milhões da Intendência de Montevideo, e os US$33 milhões restantes serão capitais privados.

“É muito importante para o Grupo Saceem (conformado pela Saceem e a Grinor) ter ganho essa licitação junto a Hernández e González. Trata-se de um projeto estratégico para o Uruguai, declarado de interesse nacional pelo Poder Executivo, que reafirma a confiança em nossa trajetória, qualidade e compromisso técnico”, disse Alejandro Ruibal, Vice-presidente Comercial e Operações da Saceem ao jornal uruguaio El Observador.