O projeto faz parte de um plano de investimentos por US$ 14 bilhões.

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, recorreu recentemente as obras de enterramento da linha ferroviária Sarniento, na província de Buenos Aires, projeto que permitirá a eliminação de 51 passagens de nível e reduzirá os tempos de translado de mais de 200.000 pessoas diariamente em 15 minutos. A iniciativa também terá outros benefícios, o incremento da segurança e a agilidade no trânsito em torno à linha, que tem como cabeceira a estação Once e que atravessa distintos bairros da cidade.

Tren sarmiento

Fonte: Telam

Cabe lembrar que a obra foi paralisada por mais de quatro anos antes de que, em outubro de 2016, fora retomada. Em pouco mais de um ano, a máquina tuneladora avançou mais de 2.800 metros.

O projeto tem mais de 37 quilômetros, desde a estação Once até a Moreno, e recorre áreas como Ciudadela, Ramos Mejía, Villa Sarmiento, Haedo, Morón, Castelar, Ituzaingó, San Anotonio de Padua e Merlo. A obra faz parte de um plano de inversões de US 14 bilhões do Governo de Mauricio Macri para melhorar o serviço de trens metropolitanos da província.

Esse projeto, abrange a incorporação de novos trens totalmente equipados, viadutos, freios automáticos, eletrificação das redes ferroviárias, renovação de estações e redes regionais para conectar tudo, entre outras melhoras.