A empresa aumentou seu backlog em mais de US$ 20 bilhões.

A construtora Strabag divulgou números interessantes durante o primeiro semestre, o que permite prever o crescimento para o ano em curso. De acordo com seu CEO, Thomas Birtel, “com uma carteira de projetos bem acima de 18 bilhões de euros (US$ 20 bilhões), podemos informar outro nível recorde em meados de 2018 (depois de atingir um recorde no final do ano fiscal de 2017, com encomendas por cerca de US$ 19 bilhões).”

Uno de los proyectos en carpeta de la empresa es Alto Maipo, en Chile.

Contribuíram para este desenvolvimento, inúmeras encomendas de grande porte nos maiores mercados do grupo, especialmente na Hungria, Alemanha e Polônia. A empresa também conseguiu a extensão do contrato para o projeto do túnel Alto Maipo, no Chile.

O lucro obtido pela Strabag no primeiro semestre do ano alcançou os 6,3 bilhões de euros (cerca de US$ 7,3 bilhões), 12% acima do mesmo período de 2017.