Tesouras DaVinci™ AE1932 JLG®

01 February 2021

O avançado conceito de plataformas tipo tesoura elétrica chega à América Latina com uma infinidade de vantagens para os operadores descobrirem

A JLG eleva a produtividade elétrica ao trabalhar em alturas com um novo padrão de qualidade baseado no desenvolvimento da inteligência e na aplicação de seu conceito Quatro Zeros.

McConnellsburg, PA. (1 de fevereiro de 2021) – A JLG Industries, Inc., uma empresa de propriedade do grupo Oshkosh Corporation [NYSE: OSK] e líder global na fabricação de plataformas elevatórias móveis de trabalho e manipuladores telescópicos está, mais uma vez, transformando o setor de acesso em alturas com o lançamento da nova tesoura totalmente elétrica DaVinci™ AE1932, agora disponível nos mercados latino-americanos. Ao nomear o novo conceito, a JLG certamente não poderia ter escolhido um nome mais adequado para este modelo revolucionário. Na verdade, o desenvolvimento deste novo prodígio da engenharia incluiu uma grande dose de engenhosidade, design, aplicação da mais avançada ciência e engenharia pela equipe multidisciplinar da JLG. Por isso, o conceito DaVinci não é apenas uma invenção, é uma maravilha da engenharia a serviço da indústria de elevação.

Conceito Quatro Zeros
A JLG desenvolveu os pilares sobre os quais está a inovação do conceito DaVinci, conhecidos como Quatro Zeros: Zero Componentes Hidráulicos, Zero Vazamento, Zero Substituição da Bateria e Zero Desperdício, todos alcançados graças à aplicação da mais avançada inteligência eletromecânica. Cada um desses quatro componentes ajuda a atingir as taxas de produtividade mais altas do setor. Vamos conhecer mais a fundo a DaVinci.

O conceito de Componentes Hidráulicos Zero é uma das principais características da Série DaVinci, já que é a primeira tesoura totalmente elétrica do setor. Graças a isso, os gotejamentos são eliminados, os pisos são protegidos e os custos de manutenção derivados dos trabalhos de limpeza são bastante reduzidos.

A engenharia faz a diferença na série DaVinci. Por não incluir nenhum componente hidráulico para ajudar a eliminar vazamentos no local de trabalho e por oferecer emissão zero para ajudar a controlar os níveis de poluição nos ambientes onde opera, essa tesoura permite elevar até 270 kg a uma altura de 5,79 m (19 pés), tanto interna quanto externamente. Na altura máxima, a DaVinci oferece 20% a mais de capacidade do que a maioria dos modelos disponíveis no mercado.

Esse modelo foi projetado e construído especialmente para aquelas aplicações onde é necessário cumprir as rígidas regulamentações de poluição, como pisos delicados em data centers e em salas limpas. Com isso, a JLG reafirma seu compromisso com o meio ambiente e com a constante evolução de novas legislações.

Grau de inteligência e gerenciamento de energia
Guarda-corpo QuikFold, um sistema de guarda-corpo de dobra rápida, é outra inovação tecnológica que atende aos mais recentes padrões da indústria e possui um sistema sem pinos, facilitando a operação em espaços reduzidos. Outro avanço notável é a tecnologia opcional de inclinação variável. Esse recurso permite que o operador suba a alturas limitadas ao trabalhar em declives laterais maiores que 1,5 grau. Se a máquina detectar um declive lateral mais alto, a inclinação variável aumenta o espaço de trabalho da unidade, permitindo que ela continue trabalhando apesar do declive lateral.

Cada componente da tesoura DaVinci foi totalmente otimizado, incluindo o controle, os sistemas de elevação, acionamento e de direção, para reduzir o consumo de energia da unidade em até 70% em comparação com tesouras convencionais. Uma das grandes vantagens desse conceito inovador é alcançada reduzindo o consumo de energia ao usar uma única bateria de lítio.

Um pioneiro na série DaVinci: o modelo AE1932
O primeiro modelo da Série DaVinci a chegar aos showrooms dos parceiros regionais da JLG na América Latina é o AE1932, uma tesoura totalmente elétrica que inclui o já citado conceito Quatro Zeros desenvolvido pela empresa incluindo a, há muito esperada, redução do consumo de 70% devido ao seu motor elétrico eficiente. O modelo se beneficia de todas as vantagens do conceito, sejam os benefícios de uma única bateria sem manutenção e com longa vida útil ou o acesso e diagnóstico remoto de cada unidade, para mencionar apenas algumas delas. Um único aspecto desta revolução tecnológica, a capacidade de atualizar remotamente o software da unidade, pode reduzir significativamente o tempo de inatividade de cada unidade, aumentando a valiosa produtividade. Praticamente sem necessidade de manutenção preventiva, o futuro está ao nosso alcance, mesmo remotamente. A JLG está ciente da crescente importância dos aspectos financeiros na operação eficiente de uma unidade de elevação. Um plano de gestão inteligente de uma unidade implica em um monitoramento exaustivo dos dados econômicos de cada equipamento em operação. Portanto, o modelo AE1932 permite que se atinja um custo de propriedade reduzido. Este marco da indústria é alcançado reduzindo a manutenção ao mínimo e tendo um aliado valioso: uma ferramenta de diagnóstico e analisador que permite ao operador monitorar a operação de qualquer dispositivo móvel. Se somarmos as vantagens derivadas de ter uma única bateria de lítio com uma vida operacional semelhante à vida total da própria plataforma, o proprietário da frota conseguirá gerenciar seus ativos financeiros de forma inteligente.

“A tesoura DaVinci AE1932 representa a próxima geração de eletrificação”, disse Shashank Bhatia, diretor sênior de engenharia de plataformas elevatórias móveis de trabalho (MEWP) da JLG. “Embora não haja falta de tesouras movidas a bateria ou elétricas no mercado atualmente, esses outros modelos continuam incluindo cilindros hidráulicos para acionamento, que exigem óleo hidráulico para operação, deixando aberta a possibilidade de vazamentos complicados em locais de trabalho delicados. A JLG continua a evoluir na inovação em todo o ecossistema de construção, de nossos parceiros de aluguel até os locais de trabalho. Essa nova máquina JLG totalmente elétrica abre novas possibilidades e aplicações onde esses tipos de máquinas não podiam ser usados no passado devido a preocupações com vazamentos.”

Sistema de controle

As tesouras DaVinci™ usam uma arquitetura distribuída, na qual cada sistema (elevação, acionamento e direção) é conectado de forma independente, ajudando a reduzir quedas de tensão e latência e, ao mesmo tempo, permitindo que o sistema de controle da tesoura se conecte e se comunique diretamente com cada sistema. Dessa forma, os limites de trabalho seguros são monitorados e sinais de advertência são exibidos quando as condições predefinidas não são atendidas.

Essas são características fundamentais na operação de uma unidade elétrica na América Latina.

Não há dúvida de que um dos pontos-chave da DaVinci é o seu sistema de diagnóstico inteligente que permite o acompanhamento do estado da unidade a qualquer momento.

Como o sistema de controle está totalmente conectado à máquina inteira, a tesoura DaVinci pode transmitir dados de volta para os operadores, gerentes de frotas e técnicos de manutenção por Bluetooth e redes de telefonia celular. Isso prepara o terreno para novos recursos como o aplicativo DaVinciGo. Este aplicativo fornece informações em tempo real sobre o estado da máquina e o status da bateria, além da capacidade de os técnicos de manutenção realizarem diagnósticos remotos e enviar atualizações de software sem fio.

Sistema de acionamento
O sistema de acionamento da tesoura totalmente elétrica DaVinci possui ímãs permanentes que geram torque e criam movimento para girar o motor. Estima-se que o desempenho de cada ímã permanente possa aumentar a eficiência de um motor em média em até 20-30%. Motores com ímãs permanentes têm vida longa e não precisam de manutenção.

Sistema de Direção
Para uma operação uniforme, os controladores independentes do sistema de direção da tesoura DaVinci são projetados para ajudar a reduzir o atrito dos pneus nos locais de trabalho, o que ajuda a controlar o desgaste do pneu e limita os danos a pisos delicados.

O sistema de direção intuitivo da AE1932 permite que os operadores da tesoura DaVinci manobrem facilmente a máquina para dentro e ao redor, em áreas de acesso estreito e com espaço restrito para realizar o trabalho onde for necessário.

Sistema de elevação
O sistema de elevação é o coração de qualquer tesoura. No modelo DaVinci, esse sistema foi pioneiro em um atuador de elevação totalmente elétrico, substituindo assim o projeto do cilindro hidráulico das tradicionais tesouras elétricas. Esse atuador oferece a capacidade de elevar mais peso do que um cilindro hidráulico padrão. O sistema de elevação elétrico neste modelo também fornece carregamento ativo para a bateria. Portanto, esse é o único modelo do setor que capta energia, enquanto desce para recarregar sua bateria. Como resultado, o consumo geral de energia é reduzido e a vida útil da bateria é estendida após cada carga. Além disso, como não há componentes hidráulicos, não há vazamentos na AE1932, o que significa que ela pode ser usada sem “fraldas” de proteção.

“O projeto simplificado torna a AE1932 visivelmente diferente ao se trabalhar em alturas”, diz Bhatia. “As plataformas tipo tesouras tradicionais movidos a bateria têm mangueiras distribuídas por toda a tesoura, enquanto a tesoura DaVinci não tem mangueiras dando uma aparência limpa e moderna com necessidades de manutenção e serviço significativamente reduzidas.”

Além disso, o sistema da tesoura DaVinci foi desenvolvido para recuperar energia quando a plataforma desce, enviando essa energia de volta para a bateria, para maximizar seu uso entre cargas, aumentando sua autonomia operacional.

Sistema da bateria
Uma característica marcante dessa bateria de íons de lítio é seu tamanho ultracompacto, apenas um terço da bateria que podemos encontrar em uma tesoura convencional. Essa redução no tamanho não implica uma diminuição na potência. Na verdade, ele permitirá que a tesoura opere no mesmo nível de potência, independentemente de onde ela esteja no ciclo de trabalho. Isso é obtido por não haver diminuição de desempenho quando se passa de 100% de carga para 0% com uma bateria descarregada.

As tesouras DaVinci podem ser totalmente carregadas em até 3-1/2 horas, o que aumenta seu uso ao longo do dia de trabalho em comparação com as plataformas tipo tesouras elétricas tradicionais que exigem até 3 vezes mais tempo para carregar.

Uma virada de jogo: A DaVinci AE1932 é capaz de carregar suas baterias três vezes mais rápido do que qualquer sistema de elevação convencional.

Para ganhos adicionais de produtividade, o sistema também pode ser carregado pela oportunidade em 5 minutos ou menos para 30,48 m (100 pés) de deslocamento, mais torque suficiente para o carregamento.

Mais importante ainda, a bateria de íons de lítio da tesoura DaVinci pode durar até 10 anos, o que significa que a bateria não precisará ser substituída e não requer manutenção, durante toda a vida útil da tesoura.

Outro recurso de destaque é que a tesoura DaVinci apresenta um sistema avançado de gerenciamento da bateria, que monitora o uso da unidade e os níveis de carga e, ao mesmo tempo, fornece informações detalhadas de diagnóstico sobre os sistemas da bateria e de carregamento através do aplicativo DaVinciGo. Fazendo isso, o gerente da unidade terá certeza de que a equipe que opera a unidade terá autonomia de energia elétrica suficiente para cada turno. Um sucesso de projeto é a localização estratégica do carregador de bateria na parte traseira da unidade, junto com o abaixamento manual. Uma característica comum na linha de tesouras JLG, o modelo DaVinci incorpora um carregador de 650 W como padrão.

A JLG está ciente de que nem todos os aplicativos terão ciclos de trabalho e necessidades similares. Portanto, também há um carregador de 900 W disponível, o que reduz a operação de carregamento da unidade para duas horas e meia. Essa é outra contribuição quando se trata de aumentar a produtividade operacional.

Especificações de desempenho
A tesoura DaVinci AE1932 totalmente elétrica atende às expectativas da indústria para desempenho e produtividade em tesouras de 5,79 m (19 pés), incluindo uma classificação de capacidade interna/externa de 275 kg (606 lb).

A DaVinci AE1932 apresenta um sistema de acionamento AC livre de manutenção extremamente eficiente que atinge uma velocidade de 6,4 km/h (4 mi/h), que é até duas vezes mais rápido do que a obtida em tesouras tradicionais. Isso permite que a máquina se mova rapidamente nos locais de trabalho. O sistema de acionamento também oferece controle de acionamento independente, um recurso importante ao virar porque, conforme uma roda acelera, outra desacelera. Dessa forma, o desgaste dos pneus é reduzido e os danos aos pisos delicados são minimizados.

Outro avanço no aumento da produtividade é a velocidade de acionamento elevada progressivamente, o que permite que se essa máquina estiver no modo coelho, a velocidade de acionamento elevada varia de acordo com a altura para que ela ajude a se manter em movimento. Essa tecnologia de gerenciamento de velocidade é um marco da indústria, pois a maioria das tesouras no mercado tem apenas três velocidades únicas. Esse recurso desacelera a unidade quando ela se eleva, ao invés de descer em média a 0,8 km/h (0,5 mi/h) como em uma tesoura padrão. Assim, depois de sair da posição recolhida com uma velocidade de acionamento progressivamente alta, a tesoura pode se mover mais rápido e ser mais produtiva. A JLG é a pioneira desse recurso no setor.

A máquina ocupa uma área pequena, pesa 1.564,89 kg (3.450 lb) e tem 25% de capacidade de inclinação.

As tesouras DaVinci também estão em conformidade com as mais modernas normas ANSI e CSA do setor, incluindo um sistema de detecção de carga, um portão de fechamento automático e o sistema de guarda-corpo QuikFold da JLG. Ela tem como item de série o JLG™ Mobile Control, que permite aos usuários acionar, dirigir e carregar a tesoura de qualquer dispositivo móvel iOS ou Android.

Esse modelo também é compatível com o JLG Mobile, tecnologia de controle que permite que cada unidade seja operada remotamente através de um dispositivo móvel.

“Com seus recursos de produtividade para usuários finais, a tesoura DaVinci AE1932 estabelece uma nova referência na indústria para desempenho e manutenção,” explica Luca Riga, Gerente Sênior de Marketing e Desenvolvimento de Negócios.

“Não há dúvidas de que a introdução do modelo DaVinci AE1932 representará uma mudança no modelo de negócios dessa categoria de produtos na América Latina. Enquanto os clientes tendem a identificar a categoria Tesouras como uma commodity, a JLG está mostrando que a inovação pode transformar o que parece simples em um avanço tecnológico para esse setor de produtos. Na verdade, o modelo DaVinci AE1932 vai ser muito apreciado pela indústria de locação devido ao seu grande retorno sobre o investimento (ROI) e por permitir que os usuários tenham um novo produto que proporcionará um trabalho em alturas completamente diferente e com segurança. A segurança do operador é uma das principais prioridades da JLG.”

Para obter mais informações sobre a tesoura DaVinci AE1932 da JLG, acesse www.allelectricscissor.com Para obter mais informações sobre a JLG, acesse www.jlg.com

Supporting documents

 
LA AE1932_Series_Specification_PTG Size: 174.1 KB Click to download