Investimentos de US$ 1,72 bilhão e quase sete anos de obras, significou a nova Linha 3 do Metrô de Santiago, no Chile. O novo trecho unirá a comuna de Quilicura, no noroeste da cidade, com La Reina, comuna do setor sudeste da capital chilena. Com 18 estações, a linha percorre 22 quilômetros em somente 30 minutos, a mesa distancia feita no carro, demora cerca de uma hora.

Com tudo, a empresa está longe de cruzar os braços. Já no começo de seu governo, o presidente Sebastián Piñera anunciou o início dos processos de planejamento, desenho, elaboração e financiamento de três novas linhas: a 7, 8 e 9. Os novos percursos deveriam começar a operar durante a próxima década.