Casos de êxito de empresas como Preansa e Tecnocom confirman a eficiência e versatilidade do uso de pré-fabricados de concreto. 

Precast event Progress Group

As vantagens trazidas pela pré-fabricação industrializada de elementos construtivos de concreto são numerosas. A principal delas, em relação à execução de elementos executados “in situ”, de acordo com os que trabalham neste segmento, é a qualidade dos materiais e acabamentos. Isto graças aos controles de qualidade das plantas de produção. Desta forma, além de poder obter produtos de grande qualidade e precisão, o processo oferece maior rapidez na instalação e um fasto consideravelmente menor em mão de obra. Isto, sem contar com menores impactos ambientais, diminuição de ruídos nas vizinhanças e na acumulação de poeira. 

A utilização dos pré-fabricados se tornou uma alternativa real aos processos construtivos tradicionais, incorporando todo tipo de estruturas e elementos, e ampliando sua atuação para muitos tipos de edificações, oferecendo soluções construtivas em setores como a mineração, edificação industrial e comercial, e em obras públicas como viadutos, aquedutos, passarelas etc. 

Em resumo, um processo completo de projeto, engenharia, fabricação, transporte e montagem, é o que empresas como a chilena Preansa e a Tecnocon, pertencente ao Progress Group, podem oferecer a estas indústrias. 

Aumentando a produção 

A filial chilena da multinacional espanhola Prainsa, a Preansa, já provou a eficácia do seu método e conta com uma ampla experiência na indústria, com mais de 20 anos desde sua fundação, e com processos de internacionalização no Peru (2007) e Colômbia (2013). 

A empresa consolidou seu nome e já participou em grandes projetos de infraestrutura. Por exemplo, já forneceu mais de 1 mil vigas de concreto protendido para várias estações do metrô de Santiago; trabalhou em vários projetos de viadutos e pontes, e inclusive desenvolveu projetos de mineração, entre os quais se destaca a construção e fornecimento de 17.000 m3 de estruturas e elementos de concreto pré-fabricado para o projeto Quebrada Grande 2, da Teck. 

Atualmente, a companhia conta com uma capacidade de produção de 30 mil m3 anuais, e em função de sua frota de equipamentos de transporte especiais, pode fornecer peças de concreto para todo o Chile. Mas a Preansa anunciou que no segundo semestre deste ano começará a construção de uma nova planta, em Pozo Almonte, o que lhe permitirá duplicar a capacidade de produção e atender com mais eficácia seus clientes do norte do país. 

“Focamos toda nossa experiencia e energia em otimizar os projetos desde sua fase inicial, aportando soluções mais eficientes sem perder nunca de vista que nosso produto, que incorpora uma alta tecnologia com concretos de alta resistência, cumprindo com o mais alto padrão de qualidade, altas resistências ao fogo e durabilidade, finalmente deve ser transportado e montado no menor prazo possível, conseguindo assim um resultado que se traduz sempre em redução de custos para o nosso cliente”, afirmou Jon Ander Urgoitía, gerente comercial da Preansa. 

A grande ponte 

Os elementos pré-fabricados vêm ganhando espaço e uma das áreas onde sua presença é hoje especialmente importante na construção é em obras de pontes. A utilização de pré-fabricados nestas estruturas permitiu agilizar seu processo construtivo. 

Embora a utilização de vigas pré-fabricadas não seja um conceito totalmente novo, vêm se tornando mais comuns o uso de pré-fabricados para lajes, pilares, sapatas e muros de contenção. 

A Tecnocom, empresa pertencente ao grupo alemão Progress Group, é uma companhia especializada em sistemas de forma para a indústria de pré-fabricados de concreto, e conta com décadas de experiência no design e na fabricação de sistemas de moldagem de elementos de pontes. Todos os passos, desde o planejamento até a montagem no canteiro de obras, são realizados por especialistas da própria empresa, que já fez projetos do tipo na Itália, Portugal, Espanha, Grécia e Qatar. 

Em razão destes antecedentes, a empresa construtora italiana Rizzani De Eccher, que ganhou a construção da maior ponte da Colômbia encarregou à Tecnocom o fornecimento dos sistemas de formas para o projeto. Em jogo, estava o enlace viário entre Cartagena de Indias e Barranquilla, no Caribe colombiano. 

O projeto Cartagena-Barranquilla e Circunvalar de la Prosperidad demanda investimentos de cerca de US$ 1,3 bilhão, e cobrirá uma extensão de 146 quilômetros. Como se mencionou antes, um elemento primordial da nova conexão entre estas cidades é a ponte sobre a lagoa costeira de Cartagena, o viaduto Gran Miguel, que com quatro pistas e 5,4 km de comprimento, se tornará a ponte mais longa da Colômbia. 

Os equipamentos de formas da Tecnocom foram enviados por navio à América Latina. Depois disso, o sistema de 40 metros de comprimento foi instalado próximo à obra e desde então fabrica vigas em V de 31, 32 e 37 metros de comprimento, e com peso de até 85 toneladas.

Uma das vantagens deste sistema construtivo é a curta duração do processo, devido a que o içamento e montagem do elemento se realiza por pessoal especializado com a ajuda de equipes técnicas também competentes para a operação. Eles garantem a segurança e qualidade das estruturas, tomando o menor tempo para sua execução. Depois de sua fabricação, os elementos são carregados com duas pontes rolantes em caminhões especiais e são levados ao local da montagem. Então, finalmente se coloca a peça em seu lugar e finalmente a concretagem final do pavimento é feita. 

Para tornar possível a produção de três diferentes comprimentos, o sistema se equipou com laterais e frontais ajustáveis. Além disso, o molde dispõe de um sistema para absorver a força do protendido com capacidade de 1.550 toneladas. Graças a este sistema, a forma é independente de localização. Ao terminar o projeto, pode ser transportada sem complicações a outras obras junto com o restante dos equipamentos. Além disso, o sistema vem equipado com vibração e controle de temperatura.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters