Ipaf boehler

A Federação Internacional do Acesso Motorizado (IPAF) realizou em fevereiro uma nova edição de seu evento anual, o IPAF ElevAÇÃO 2017, em Itapecerica da Serra, SP. Ali se reuniram os principais representantes do mercado de locação de plataformas aéreas, fabricantes globais e representantes de construtoras do Brasil e de outros países da região, como Chile e Peru.

Uma vez mais, o ElevAÇÃO foi uma oportunidade para o setor aprofundar a visão sobre o estado atual das coisas, seja dos negócios, da segurança e dos treinamentos da IPAF. Sempre, sem concessões, a entidade envia a mensagem da segurança acima de tudo para o trabalho em altura, e provê os meios para que se treinem operadores na correta utilização das PTAs.

Este ano, além da elite da locação de plataformas no Brasil, o IPAF ElevAÇÃO recebeu a presença de executivos globais desta indústria, como o presidente da Skyjack, Brad Boehler, o vice-presidente de marketing e desenvolvimento de produtos da Manitou, Arnaud Boyer, a gerente geral da Sinoboom, Susan Xu, e representantes de algumas das mais importantes locadoras da América latina, como a Mills e a chilena ALO Group.

Em sua apresentação sobre as muitas normativas internacionais de segurança para o setor de plataformas aéreas, Brad Boehler detalhou o problema da diferença de expectativas entre as instituições públicas de proteção ao trabalhador, as locadoras, os usuários e fabricantes. De acordo com o executivo, regras muito frouxas ou muito rígidas não são o mais adequado, assim como também não ajuda que exista grande variação de regulamentos de segurança, às vezes dentro de um mesmo país.

“É necessário desenvolver práticas de compliance (respeito à norma) que atendam os níveis esperados de segurança do usuário”, disse o presidente da Skyjack, afirmando que o desequilíbrio entre as expectativas pode gerar um problema para todo o sistema, ao colocar mais responsabilidade sobre lado do que sobre os demais.

Preços de locação

Já o CEO da Mills, Sergio Kariya, fez uma exposição que esclareceu completamente o atual estado do mercado de locação de plataformas aéreas e manipuladores telescópicos no país.

“O mercado super ofertou plataformas nos anos anteriores à crise. Eu calculo que entre 2011 e 2015 havia 33 mil máquinas no Brasil. Com a crise, começa um movimento de venda de frotas. Hoje eu estimo que estamos com cerca de 28 mil máquinas em locação no Brasil, e uma demanda que não alcança este número. Esta situação de alto custo de capital, super oferta, e queda livre da demanda e dos preços, rompe o modelo de negócios. Os preços caíram em dois anos 65% Não há outro mercado de máquinas que tenha passado por isso”, disse o executivo.

Nesta edição do evento, elegeu-se o Conselho Brasileiro da IPAF, que tem mandato até 2018. Com a Mills na direção e a Terex Genie na vice-direção, o conselho ficou formado também pelas empresas Haulotte, RR Qualifica, W Rental, Rental Master, Aura Brasil e JLG.

Para Antonio Barbosa, gerente para a América Latina da IPAF, “o ElevAÇÃO é uma oportunidade para discutir os temas de suma importância para o setor, especialmente a segurança e o uso adequado dos equipamentos. Além disso, é ali onde fabricantes, locadoras e usuários se encontram e trocam informações, com muito profissionalismo”.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters