À medida que passam-se os anos, o procedimento de reciclagem a frio da Wirtgen continua ganando terreno.

W photo wr240i 00439 hi

O asfalto espumado possibilita a elaboração econômica de camadas de base de material misturado a frio de alta qualidade.

O respeito ao meio ambiente é um tema crucial no mundo, que adquire ainda mais relevância quando se trata da indústria da construção, setor intensivo em gerar impactos no seu entorno de atuação. Impossível imaginar a construção de qualquer infraestrutura sem um alto impacto no local de trabalho. Assim, as tecnologias que sejam respeitosas com o meio ambiente e os recursos naturais são mais demandadas agora do que nunca.

Neste contexto, a alemã Wirtgen destaca seu procedimento de reciclagem a frio, que segundo a empresa “está creditado desde há anos e já cumpre hoje com as exigências do amanhã”.

Estradas são o tipo de infraestrutura que está exposta a cargas permanentes e pesadas, que com o passar dos anos vão fraturando sua estrutura, com danos que podem chegar até mesmo às suas camadas de base. Quando isto acontece, deve-se reparar toda a rodovia.

Considerando isto é que a companhia afirma que “a reciclagem completa do material fresado, assim como sua preparação econômica, faz com que a reciclagem a frio com asfalto espumado, que a Wirtgen promoveu e levou adiante com determinação nos últimos 30 anos, seja ecológica e rentável”. Desta forma, com três décadas no mercado, a reciclagem a frio com asfalto espumado como ligante é um procedimento de amplo conhecimento no mundo para a reabilitação de estradas, e que cada vez ganha mais adeptos.

Após a fresagem da estrada danificada e da aplicação do ligante, é possível elaborar camadas fixas e duradouras, que segundo a Wirtgen “formam a base perfeita na superestrutura da rodovia, para estender posteriormente sobre ela a camada final de asfalto de espessura reduzida”.

O asfalto espumado se faz a partir do betume normal aquecido a aproximadamente 175 °C. A adição do ligante numa mistura mineral se realiza in situ, dentro de recicladoras a frio como a 2200 CR e 3800 CR, ou de recicladoras a frio e estabilizadoras da série WR da Wirtgen, de maneira exata mediante sistemas de pulverização controlados por microprocessador.

O processo também pode se realizar “em usina”, com a usina misturadora móvel para reciclagem a frio KMA 220i da Wirtgen.

Dentre as vantagens da reciclagem a frio com asfalto espumado, a Wirtgen destaca a extrema estabilidade das camadas, a conservação dos recursos naturais graças à reciclagem de 100%, a redução das emissões de CO2, assim como o menor tempo de construção e sua grande lucratividade.

Asfalto espumado?

Para a produção do asfalto espumado, injetam-se em alta pressão quantidades reduzidas de água e ar no betume quente. Seguidamente, a água se evapora e faz com que o volume do betume aumente de cara entre 15 e 20 vezes. Então, a espuma é introduzida num misturador através de pulverizadores, e se mistura de forma ótima com materiais de construção frios e úmidos.

A qualidade do asfalto espumado se descreve, principalmente, pelos parâmetros “expansão” e “vida média”. Quanto maior a expansão e maior a vida média, melhor se processa o asfalto espumado.

Reciclagem no Brasil

Uma das rodovias estaduais de São Paulo, a SP-70, também conhecida como rodovia Ayrton Senna, é uma das principais vias de acesso ao aeroporto internacional de Guarulhos, além de conectar a região mais industrializada do país a outros estados.

Por ali, circulam diariamente mais de 250 mil veículos, 15% dos quais são veículos pesados. Este forte volume de trânsito foi produzindo importantes danos ao pavimento, até que em 2011 foi feita uma importante reabilitação. Além de ter prazo curto, este trabalho tinha de ser feito gerando-se o menor impacto possível à operação normal da rodovia.

Os equipamentos W 1900 e W 200 da Wirtgen foram os escolhidos para dar conta da fresagem dos trechos a consertar, enquanto o material foi reciclado junto ao asfalto espumado em duas misturadoras móveis de reciclagem a frio KMA 220. O material recuperado reciclado foi pavimentado em duas camadas, de 20 cm e 10 cm. Então, uma pavimentadora sobre esteiras Vögele estendeu sobre esta superestrutura uma capa de rolamento asfáltica de 5 cm de espessura.

 

Em laboratório

Wg jobsite ayrton senna highway 09079 hi

Com ajuda do sistema de laboratório WLB 10 S podem-se realizar séries de medição para averiguar as propriedades do asfalto espumado.

Para conseguir os melhores resultados é necessário realizar previamente uma grande quantidade de estudos de toda a superestrutura da rodovia, e sobretudo, exaustivas análises sobre a mistura de asfalto espumado.

A Wirtgen também oferece uma ampla oferta de assessorias, acompanhando projetos com consultoria no local. Além disso, a empresa conta com laboratórios que permitem um maior controle sobre os materiais a utilizar num projeto rodoviário.

Para a elaboração de diferentes ensaios, a Wirtgen utiliza seu compactador de laboratório WLV 1. Este procedimento de compactação especialmente desenvolvido para reciclagem a frio possibilita a elaboração de provetas grandes para a realização de ensaios triaxiais, assim como de provetas pequenas para ensaios de tração indireta.

A marca também oferece a misturadora de laboratório WLM 30, através da qual se pode definir a composição adequada da mistura e diferentes traços de mistura idôneos. O WLM 30 tem capacidade para cerca de 30 quilos de material, dispõe de uma velocidade de giro variável e ajuste de tempo da mistura.

Para definir exatamente a qualidade do asfalto espumado antes do início da obra, há o sistema de laboratório móvel WLB 10 S, através do qual podem-se variar parâmetros como volume de água, pressão e temperatura.