A parceria público-privada significará investimentos de US$150 milhões em 2018.

Terminou o processo de licitação para a construção do Aqueduto Gran Tulum, obra que permitirá o abastecimento de água potável a mais de um milhão de pessoas em diversos lugares de San Juan, na Argentina. “Depois de muitos anos, hoje podemos ver obras públicas financiadas pelo Governo, que vão mudar a vida das pessoas em praticamente todos os lugares da Argentina. Nesse caso, cumprindo com um dos principais objetivos do presidente Mauricio Macri, vamos investir US$78 milhões para garantir que grande parte de San Juan conte com água potável”, disse o ministro Rogelio Frigerio.

Acueducto tulum

O projeto também inclui a construção de uma Planta de Tratamento de Água Superficial. A obra fortalecerá o abastecimento às localidades de Villa Basilio Nievas, em Zonda, e Villa Ibanez, em Tulum. Além disso, a rede de água potável de zonas que ainda não contam com o serviço, será ampliada.

Os trabalhos demandarão um investimento total de US$160 milhões, mais da metade entregue pelo governo, recursos que serão destinados para desenvolver todas as obras civis e a metade dos materiais. As obras civis previstas nesse chamado a licitação demandarão US$60 milhões. No curto prazo, haverá chamado para a compra da outra metade dos materiais que serão utilizados na execução dos trabalhos.