Los Trigales, no Paraguai, acresce 80 mil toneladas mensais de agregados com nova máquina Metso. 

Los Trigales, grupo empresarial que se dedica ao transporte, construção e produção de agregados, com operações no Paraguai e outros países da região, recentemente pôs em operação sua nova britadora Nordplant, da Metso. O equipamento, primeiro de sua categoria na América do Sul, permitirá à empresa acrescentar 80 mil toneladas mensais de agregados à sua produção, somando assim 960 mil toneladas à produção anual.

Nordplant Los Trigales9

O equipamento permitirá à empresa acrescentar 80 mil toneladas mensais.

O desafio que a empresa enfrentava era o de aumentar de maneira ostensiva e sólida sua produção de agregados de alta qualidade, adotando alguma tecnologia que fosse sustentável no tempo. Assim decidiu-se pelo investimento na marca finlandesa. “Esta é uma planta estratégica para as operações do grupo, e a Metso esteve à altura, já que montou a solução em dois meses e nos economizou 40% de custos de montagem”, afirma Omar Bustos, presidente do Grupo Los Trigales.

Seleção

Visto que a Los Trigales precisava de uma solução que pudesse proporcionar-lhes segurança em aspectos tão diversos como a qualidade do material produzido, uma maior produção anual e manutenção rápida e fácil, os especialistas da Metso junto ao cliente determinaram que a Nordplant 5.1 cumpria com os requisitos e seria a melhor solução para os problemas apresentados.

O conjunto contempla uma etapa de britagem primária com mandíbula C120 e um alimentador heavy duty VF561-2V. Depois disto, a Metso montou uma peneira Scalper para remoção e classificação de finos. “Esta última é ideal para o projeto, devido às características do material processado e o conteúdo de umidade presente na jazida mineral, assegurando assim um produto final livre de contaminantes de alta qualidade”, afirma Eliana Rodríguez, distribution business director Pacific Rim da Metso. A planta de britagem e classificação tem na britagem secundária e terciária cones HP300 (os equipamentos da empresa mais testados pelo mercado, com mais de 3 mil unidades instaladas) e mais duas peneiras de classificação.

A Nordplant 5.1 foi selecionada – entre outras coisas – porque permite que a montagem se realize no menor tempo possível e com um único ponto de contato. Segundo indica a executiva, “com o modelo tradicional, a instalação demora pelo menos seis meses, e além disso se requer um investimento em design e implementação elétrica, mecânica e obra civil com mais de um fornecedor. Já com a Nordplant é uma solução plug and play, dado que a Metso toma o projeto e o entrega já em condições excelentes de operação sem qualquer inconveniente”.

1

A Nordplant 5.1 foi escolhida porque permite montagem rápida e com um único ponto de contato.

Rodríguez acrescenta que “esta planta é a solução que se adaptava aos requisitos de produção e qualidade (forma, granulometria, baixos índices de contaminação) demandados pelo cliente. O desenvolvimento deste produto se deve ao trabalho de campo e teórico na engenharia de sistemas, o que implicou em escutar os nossos clientes e suas necessidades. É por isso que os conjuntos fixos Nordplant representam uma economia de tempo na engenharia, instalação e obras civis. Além disso, é muito eficiente nos arranjos de produção, de modo a assegurar versatilidade e boa qualidade”.

“Estamos à espera dos resultados, e vamos ver como se desenvolve este ano no plano econômico, para avaliar a possibilidade de aumentar nossa produção através da integração da Nordplant em nossa pridução”, diz Omar Bustos.