XCMG sigue expandiéndose en la región.

A XCMG, fabricante chinesa de equipamentos de construção, anunciou o lançamento do Banco XCMG no Brasil, com a finalidade de se dedicar ao financiamento de projetos de infraestrutura e aquisição de máquinas pesadas no país, e com vistas a cobrir outros países da região no curto e médio prazo.

“Nosso objetivo é criar condições para o desenvolvimento das empresas chinesas e brasileiras para adquirir equipamento pesado no marco das expectativas de crescimento da infraestrutura. Em uma segunda fase, o trabalho será expandido a outros países da América do Sul”, disse à agência Xinhua o vice-presidente do Banco XCMG Brasil, Roberto Pontes.

Wang Min, presidente da XCMG, afirmou que “quem tem a vontade pode ter sucesso”, afirmando que a XCMG “pretende promover o investimento em infraestrutura e atrair fundos, e assim promover o crescimento da relação Brasil-China por múltiplos canais”.

Desde 2012, a empresa tem uma grande fábrica localizada na cidade mineira de Pouso Alegre, que é também onde ficará a sede principal do banco. Haverá uma filial em São Paulo.

A América do Sul é o quarto mercado regional para a companhia chinesa, e o Brasil representa 60% do investimento do grupo em todo este território.

Capital

O capital inicial do banco é de cerca de R$ 60 milhões, segundo se anunciou no ato de lançamento.

“Existe a expectativa de entrada de empresas chinesas no Brasil, e é bom poder apoiá-las com crédito para o uso do equipamento”, afirmou Pontes, que citou a mineração e a construção civil como setores fundamentais para os financiamentos do Banco XCMG.

O banco deverá abrir a operação para empresas no final do primeiro trimestre.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters