O grupo Wacker Neuson manteve seu ritmo de crescimento no primeiro semestre de 2019. A receita da companhia cresceu 15,2% em relação ao mesmo período do ano passado, chegando ao valor de 950,7 milhões de euros. “O primeiro semestre voltou a demonstrar que nossas soluções satisfazem as necessidades de nossos clientes”, disse Martin Lehner, CEO da Wacker Neuson SE. “Aumentamos a nossa participação em numerosos mercados, graças principalmente a nossas muitas inovações em produtos, que têm uma clara vantagem em relação à concorrência. O conjunto de desenvolvimentos mostrados na Bauma, este ano em Munique, mostra que nos posicionamos em um ponto ideal para continuar nesta rota de crescimento e conseguir os objetivos de médio prazo que estão na nossa Estratégia 2022”, complementou o executivo.

Crescimento em todas as regiões

O aumento no faturamento do grupo foi motivado pelo crescimento nas três regiões tratadas no informe. Na Europa, cujas receitas são quase três quartos do total das receitas do grupo, o crescimento foi de 15,5% e ficou em 692,3 milhões de euros (primeira metade de 2018 havia sido de 599,2 milhões). Isto se deveu à forte demanda gerada pelo setor de construção europeu, e um impulso muito acima da média no negócio de equipamentos agrícolas. A receita gerada pelas carregadeiras de rodas das marcas Weidemann e Kramer, e os manipuladores telescópicos, aumentaram 31,8% e ficou em 152 milhões de euros (contra 115,3 milhões no primeiro semestre do ano passado).

Na região Américas, a receita ascendeu a 229,5 milhões de euros, um crescimento de 13,7%. Ajustado pelo câmbio, o faturamento fica 7,2% maior. Este crescimento foi motivado por diversos fatores, incluindo o contínuo progresso do grupo na hora de expandir a rede de distribuidores independentes na América do Norte e dos avanços obtidos na América do Sul, onde o grupo obteve lucros de dois dígitos.

Na região Ásia Pacífico, o faturamento aumentou 19,9% e ficou em 28,9 milhões de euros.

Futuro

Apesar de que ultimamente aumentaram os sinais de uma desaceleração econômica e nos níveis de incerteza, os mercados considerados essenciais para a Wacker Neuson encontram-se em bom estado. A carteira de pedidos permanece em alto nível graças à forte demanda da indústria de construção, em particular. O conselho executivo ainda espera que os faturamentos de 2019 sejam entre 6% e 8% maiores do que no ano de 2018 em seu total.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters