Wacker HQ

O Grupo Wacker Neuson tomou a decisão de reduzir seus programas de produção desde o fim da semana passada. “A propagação global do COVID-19 está demonstrando consequências significativas na vida pública, assim como na economia mundial. Os estados e as instituições estão impondo medidas de proteção cada vez mais drásticas. Tudo isto trouxe consigo crescentes impactos nas cadeias de suprimentos do Grupo”, afirmou a empresa em comunicado.

Desta forma, as paradas de fábrica consideradas para meados deste ano, devido às férias de verão no hemisfério norte, serão adiantadas para estes meses. “Cabe mencionar que o alcance dos cortes na produção se ajustará às condições dos diferentes mercados e suas cadeias de suprimento”, informou a empresa.

“A venda de equipamentos e peças de reposição para os diferentes setores da economia serão mantidos, sempre e quando as condições de cada país onde operamos assim o permita. Até aqui, o Grupo Wacker Neuson tem altos níveis de estoque de equipamentos e peças à disposição, através do que assegura sua capacidade de fornecimento. Apesar disso, poderá haver demoras nas entregas devido às restrições nas cadeias logísticas impostas por vários governos do mundo”, indicou o comunicado.

Além disso, a Wacker Neuson implementará diferentes modelos de trabalho a curto prazo.

China

A companhia comentou também que retomou as atividades na planta de Pinghu, China. Da mesma forma, seus procedimentos de compra, produção e vendas vão retornando à normalidade.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters