A Vototantim Cimentos lançou um software de Inteligência Artificial, chamado Projeto Spectrum, para monitorar e compreender o comportamento dos vários equipamentos e componentes envolvidos na produção de cimento.

O Spectrum funciona com sensores instalados nas máquinas, que são conectados a um sistema que ajuda a prever eventuais falhas por manutenção ou operação. “A AI do software aprende a entender o comportamento de cada máquina, com o que vai se aperfeiçoando a manutenção de cada equipamento”, disse o gerente geral de manutenção da Votorantim Cimentos, Danilo Valadares.

Neste sentido, o Spectrum quer ir além da manutenção convencional, que tradicionalmente se divide em preventiva, preditiva e corretiva, chegando a uma manutenção de precisão, “com o foco posto nas condições dos equipamentos antes de apresentarem defeito”.

A cimenteira, de fato, afirma que “o Spectrum foi implantado no ano passado nas fábricas de Salto de Pirapora (SP) e Rio Branco do Sul (PR). Neste primeiro ano de implementação, se identificaram 51 casos que evitaram paradas dos fornos cimenteiros”

O objetivo da empresa é que o Spectrum esteja instalado em 100% de suas unidades no Brasil até o final de 2020, além de implementar o sistema nas fábricas da Europa, Ásia e África. “No futuro, o desdobramento deste projeto é ter uma central de monitoramento preditivo tático de todos os equipamentos vitais em todas as fábricas da companhia, analisando todas as variáveis críticas em um único sistema online”, disse Valadares.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters