A Volvo Construction Equipment divulgou seus resultados do terceiro trimestre de 2020, mostrando uma significativa recuperação na demanda.

Uma vez mais, o mercado chinês foi o que mais se destacou na geração do resultado, tanto em termos de venda como em novos pedidos e entrega de máquinas durante o período.

No terceiro trimestre, a divisão da marca sueca viu o número de pedidos subir 40%, entrega de máquinas subiu 20% e as vendas 6%. As vendas líquidas no terceiro trimestre caíram 2% em relação ao mesmo período do ano passado, mas cresceram 6% quando ajustadas pelas variações cambiais.

A forte demanda na China (aumento de 22% no trimestre) foi seguida por bons resultados na América do Sul e África, enquanto dois de seus mais fortes mercados – Europa e EUA – caíram 19% em consequência dos ainda persistentes efeitos da pandemia. Excluindo a China, a Ásia mostrou queda de 13%.

O presidente da Volvo CE, Melker Jernberg, disse que a empresa está contente com os resultados, e que eles mostram um gradual retorno depois do mergulho profundo que a atividade teve no segundo trimestre.

“A demanda foi particularmente forte na China, o maior mercado do mundo, e onde continuamos aumentando nossa participação. Com os seguidos efeitos da pandemia e suas incertezas, continuaremos com forte atenção no controle de custos, priorizando a saúde e segurança de nossos colegas, clientes e associados”, disse.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters