Primeiro trimestre do ano apresentou ótimo resultado para a marca sueca.

Mercados estáveis na maioria das regiões do mundo ajudaram a que os resultados financeiros da Volvo CE no primeiro trimestre de 2019 tenham sido 15% melhores do que o mesmo período do ano passado. Nos primeiros três meses do ano a marca faturou 24,15 bilhões de coroas suecas, algo em torno de US$ 2,55 bilhões.

Volvo CE table

As maiores vendas, melhores preços e a combinação de produtos ajudaram a impactar positivamente o lucro operacional, que ficou em cerca de US$ 380 milhões no trimestre, 26% a mais do que o primeiro trimestre de 2018. Isto se refletiu na margem operacional, que percebeu forte melhora, saindo de 13,8% no 1T18 para 15,1% no 1T19.

As entregas de máquinas aumentaram 5% no período, ficando em 23.139 máquinas, em comparação com 22.102 máquinas no primeiro trimestre de 2018.

Os dois principais mercados mundiais de máquinas de construção, a Europa e a América do Norte, registraram crescimento no primeiro trimestre. A recuperação do Brasil ajudou a que a demanda na América do Sul aumentasse 6% no primeiro trimestre, enquanto a Ásia (excluindo China) caiu 4% em comparação com o mesmo período do ano passado. A China, por sua vez, demandou mais do que o esperado, com aumento de 23% no interanual trimestral.

“O mercado global de equipamentos de construção continuou bom no primeiro trimestre. Estamos gerindo com sucesso estes aumentos de volume, e o bom controle de custos está ajudando a oferecer níveis alentadores de receitas operacionais e margens operacionais”, disse o presidente da Volvo CE, Melker Jernberg.

 

 

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters