A Vermeer Brasil realizou o evento Mundo Vermeer, e que apresentou soluções para construção de estruturas subterrâneas, perfuração e mineração de superfície, com palestras e exibição de máquinas.

Um dos principais motivadores do evento foi a divulgação de soluções para obras de saneamento, energia e outras intervenções em áreas urbanas, “pois estes são estratégicos para o desafio de desenvolvimento estrutural do Brasil. Nossas soluções permitem saltos de eficiência, pois são ferramentas ágeis e robustos”, afirmou Herbert Waldhuetter, diretor da Vermeer Brasil.

Entre os temas de palestras no evento, destacou-se o Método Não Destrutivo, “que pode ser usado para instalações de fibra ótica e telecomunicações, energia, distribuição de gás, água potável e saneamento”, disse Wadlhuetter. Complementando, o gerente de soluções de perfuração da Vermeer, Nick Liza, disse que “o MND é uma alternativa para instalar a infraestrutura subterrânea e uma das maiores tecnologias em crescimento da indústria”.

Foram apresentados os novos modelos das máquinas de perfuração da Vermeer, como as Navigators S3, “que tem entre suas principais características o aumento da produtividade, a simplicidade e a padronização de controles entre os modelos, além de reduzir o ruído em uma obra”, disse Liza.

Outra máquina que se destacou no Mundo Vermeer foi o instalador de estacas PD10, que é projetada para instalação de colunas, pilares a estacas em fazendas solares e outras instalações de geração de energia por meio do sol. “Entre os principais benefícios da PD10 estão o alinhamento e a altura das estacas instaladas para a montagem de mesas e placas solares”, disse Cesar Leite, gerente de escavação especializada da Vermeer. A PD10 conta com motor diesel Deutz ou Yanmar, de 47HP, martelo hidráulico de 1500 bpm, capacidade para postes de 3, 4, 5 ou 6 metros, receptor laser e esteiras com revestimento de borracha.

Por fim, a empresa mostrou também suas valetadeiras, que podem abrir valetas na superfície sem agredir tanto o local como as retroescavadeiras, e por isso se colocam como alternativa de método. “A partir de sistemas laser, as valetadeiras Vermeer têm boa eficiência para instalação de redes de esgoto em inclinações, assim como na abertura de valetas no asfalto, concreto e na rocha. São capazes de produzir valetas com pares retas, fundo limpo, de largura e profundidade exatas para o projeto, tanto na reta como na curva”, disse Waldhuetter.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters