SNIC registra em outubro terceiro mês de redução no nível de queda.

planta cemento genérica

O Sindicato Nacional da Indústria do Cimento (SNIC) divulgou os números preliminares de outubro, que mostram uma moderação no nível de queda do mercado do insumo, indicando mais movimento na construção do país.

De acordo com o SNIC, em outubro de 2017 foram vendidas no país 4,6 milhões de toneladas de cimento, representando uma queda de 0,5% contra o mesmo mês do ano passado.

Este é o terceiro mês consecutivo que o SNIC registra menores quedas na venda interna de cimento. Mesmo que siga caindo, o mercado já não vai no caminho da depressão como estava no ano passado.

“Se compararmos o fechamento do ano de 2016, quando tivemos queda de 11,7% nas vendas internas, com o acumulado até o mês de outubro de 2017, atingimos um ganho de 5 pontos percentuais. Com isso, os resultados finais para o ano de 2017 devem registrar uma retração em torno de 6%, percentual que está em linha com as nossas projeções, quase metade da queda ocorrida em 2016”, diz o presidente da entidade, Paulo Camillo Penna.

Entre janeiro e outubro de 2017, o mercado nacional de cimento do Brasil comprou 45,2 milhões de toneladas, o que é 6,7% menos do que no mesmo período do ano passado. A venda acumulada nos últimos 12 meses foi de 54,2 milhões de toneladas.

A indústria cimenteira sofreu duramente o golpe da recessão dos últimos anos. Basta perceber que em outubro de 2015 a venda acumulada em 12 meses havia sido de 66,3 milhões de toneladas.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters