Empresa Pampa Energía promete ampliar um parque e constuir outro.

A companhia de energia elétrica mais importante da Argentina, a Pampa Energía, anunciou que construirá dois novos parques eólicos que aportarão 50 MW de potência instalada cada um, com um investimento de cerca de US$ 140 milhões. “No marco da Resolução 281 do Mercado a Termo de Energias Renováveis, foi outorgado à Pampa Energia a prioridade de despacho dos projetos denominados Parque Eólico Pampa Energia e De la Bahía, cuja produção estará destinada a atender o segmento de grandes usuários através de contratos entre entes privados”, diz o comunicado. 

Executivos da empresa afirmaram que no caso do Parque Pampa, que terá 15 torres, “se instalará num terreno vizinho ao Parque Corti, a 20 km de Bahía Blanca, onde as obras se encontram avançadas para a instalação de 29 torres e cuja produção começará no mês de maio. No caso do Parque de la Bahía, o projeto prevê a instalação de outras 15 torres eólicas”. 

Além disso, foi confirmado que uma vez que estejam todas em operação, as torres eólicas da Pampa Energía contribuirão em seu conjunto com 4,4 GW ao sistema argentino. “Os excelentes ventos da região dão aos dois projetos uma importante capacidade, que no caso do Pampa chega a 54% e no caso da Bahía chega a 58%”.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters