Local é usado para transporte de derivados de petróleo e precisa de ampliação.

callao perú

O Porto de Callao, no Peru, tem um orçamento de US$ 13 milhões para obras de reforma e reforço do Molhe de Carga Líquida. Estes trabalhos se iniciam com atividades de inspeção, que serão seguidas pela demolição as estruturas da plataforma principal do atracadouro. Serão substituídas estacas e se repavimentará a área de trânsito de stackers e guindastes. O tempo estimado para a reforma é de 460 dias, sendo que o início oficial do projeto foi em 8 de fevereiro.

A modernização do molhe de hidrocarbonetos permitirá à concessionária contar com uma infraestrutura mais eficiente para a prestação do serviço de descarga de derivados de petróleo em Lima e Callao, e atender navios de 35 mil DWT (tonelagem de peso morto) a toda carga e 50 mil DW quando carregados parcialmente.

Este projeto se iniciou devido ao impulso da Autoridade Portuária Nacional (APN), Ministério dos Transportes e Comunicações, a concessionária do Terminal Norte Multipropósito do Porto de Callao (APM Terminals) e outras empresas.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters