Fabricante japonesa segue firme em seu objetivo de liderar mercado mundial de elevação.

INDEX

A fabricante japonesa de guindastes Tadano completou a aquisição da marca e divisão de guindastes móveis Demag, que antes pertencia à Terex Corporation.

A transação de US$ 215 milhões é um novo passo da Tadano no caminho que estabeleceu para se tornar a líder mundial na indústria de elevação. “A aquisição dos guindastes móveis Demag é um passo vital na direção de alcançar este objetivo”, disse Koichi Tadano, presidente e CEO da Tadano. “A aquisição expande nossa penetração em muitos mercados ao redor do mundo, adiciona os guindastes de esteira com lança treliçada ao nosso catálogo e aumenta o leque de capacidades da nossa linha de guindastes todo terreno”.

Como subsidiária da Tadano, o nome jurídico da Demag mudará para Tadano Demag GmbH, e será comandada por Jens Ennen. O executivo se uniu à Tadano em abril de 2019, tendo antes trabalhado na Manitowoc, onde foi responsável pelo desenvolvimento internacional, gestão mundial dos produtos todo terreno e sobre caminhão, e vice-presidente para guindastes móveis na Europa e na África.

jensennenlandscape_249419

Jens Ennen

A aquisição da Demag agrega à oferta da Tadano oito modelos de guindastes de esteira (crawler crane) com lança treliçada, cujas capacidades variam de 400 a 3.200 toneladas. Além disso, a Tadano afirma que os 15 modelos de guindaste AT da Demag levarão sua capacidade máxima nesta categoria a 1.200 toneladas. O portfólio total de equipamentos de elevação da Tadano será de mais de 80 modelos, compreendendo guindastes RT, AT, crawlers treliçados e telescópicos, e guindastes sobre caminhão.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters