Em parceria com distribuidora de gás, empresa participa do projeto de Corredor Verde.

scania

Com o primeiro teste sendo um sucesso, inicia-se um novo período para a Scania no Peru, em que os caminhões da marca sueca poderão ser abastecidos com GNV, pela distribuidora nacional Quavii. “A partir de hoje, é possível que caminhões de longa distância percorram mais de 1 mil quilômetros de forma mais sustentável e eficiente do que jamais se praticou no nosso país”, disse José Antonio Mannucci, diretor geral da Scania Peru.

Para Alberto Polifroni, gerente geral da Quavii, “o abastecimento e operação dos primeiros veículos pesados com GNV no Peru está demonstrado, a partir do teste com a Scania; ratificamos a transição a esta nova matriz energética”.

“Os gases emitidos são muito mais limpos e compostos em sua maioria de vapor de água, o que supera com sobra a norma de emissões Euro 6, além de reduzir em 24% as emissões de CO2 à atmosfera”, disse Mannucci. Assim, o caminhão modelo G410 da Scania é o primeiro veículo pesado no Peru a percorrer os cerca de 1 mil km entre Lima e Trujillo usando apenas gás. “Os caminhões podem armazenar o gás em tanques criogênicos, conseguindo a autonomia de 1 mil quilômetros a um custo menor”.

Agora, o projeto do distribuidor de gás do país é colocar novos pontos de abastecimento de gás para veículos ao longo das estradas do país, a primeira em Trujillo e em seguida em Huarmey. A ideia é criar um Corredor Verde.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters