Um consórcio liderado pela espanhola Sacyr anunciou a conclusão da recuperação da rodovia Pirámides-Tulancingo-Pachuca, no México. O grupo empresarial realizou investimento de 72,2 milhões de euros na rodovia, que faz parte do eixo troncal que conecta o Oceano Pacífico com o Atlântico. O projeto é de um complexo rodoviário com duas grandes vias, com duas pistas de rodagem por sentido, resultando em 183 km de extensão equivalente.

Autopista pirámides

O contrato tem prazo de dez anos e deverá gerar às concessionárias 214 milhões de euros. O contrato inclui a reabilitação e conservação dos 91,5 km somados entre os trechos da rodovia federal MEX-130 e MEX-132, que vão do estado do México ao de Hidalgo.

Projeto inovador

Na recuperação inicial o trabalho interveio nos pavimentos, formação de taludes, reforma de pontes e outras obras de arte, sinalizações e dispositivos de segurança, assim como a funcionalidade do direito de via e diversos serviços para poder cumprir com os padrões de desempenho internacionais de uma via livre de pedágio.

A Sacyr inovou neste projeto com o emprego do RAR-X em pavimentos. Trata-se de um produto de alta tecnologia fabricado a partir de pó de pneus fora de uso (NFVU), pré-tratado com betume e outros aditivos, que dá qualidades superiores às mesclas asfálticas (melhor comportamento frente a inflexão e na propagação de fissuras, melhor resistência à fadiga, redução de ruídos etc).

Sacyr no México

Além da rodovia Pirámides-Tulancingo-Pachuca, a Sacyr Concesiones tem outro contrato sob o modelo de PPP: o Hospital de Tláhuac na Cidade do México, que se encontra com 90% de andamento de obra feitos, e que pressupõe uma carteira de investimentos de 1,35 bilhão de euros ao longo de 25 anos de duração do contrato.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters