Resultado financeiro é vultoso, mas sobre outorga original baixa. Espanhóis e suíços ficam com melhor parte.

Aeropuerto Recife

Recife

O leilão que concedeu à iniciativa privada 12 aeroportos brasileiros na semana passada arrecadou R$ 2,3 bilhões, o que representou 10 vezes a mais do que o valor exigido pelo governo federal.

A espanhola Aena conseguiu triunfar no leilão do lote de seis aeroportos no nordeste, enquanto a Zurich foi a vencedora no lote de dois aeroportos do sudeste, e o consórcio brasileiro Aeroeste ficou com quatro aeroportos na região centro-oeste.

As concessões terão um prazo de 30 anos, durante os quais os novos administradores deverão investir um total de US$ 920 milhões. Os lotes leiloados pelo governo representam 9,5% do mercado nacional. De acordo com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, “é uma grande demonstração de confiança no país”.

A espanhola Aena, sociedade de economia mista em que o governo espanhol é proprietário de 51%, é a maior operadora aeroportuária do mundo e ficou com o melhor lote, o nordeste, que tem alta rotatividade turística e é a região mais próxima da Europa. O pacote da Aena inclui os aeroportos de Recife, Maceió, Aracajú, Juazeiro do Norte, João Pessoa e Campina Grande. O governo brasileiro pedia, por estes seis aeroportos, um valor de apenas R$ 171 milhões. Com a concorrência, a outorga da Aena ficou em R$ 1,9 bilhão.

Os suíços da Zurich ficaram com os aeroportos de Vitória e Macaé por R$ 437 milhões, sendo que o governo pedia por eles apenas R$ 46,9 milhões. O ágio obtido com a concorrência foi de 830%.

Finalmente, o consórcio Aeroeste, formado pelas empresas brasileiras Socicam e Sinar, ficou com os aeroportos de Cuiabá, Sinop, Rondonópolis e Alta Floresta, todos no centro-oeste. Por estes quatro terminais em uma zona agroexportadora, o governo federal pediu uma outorga de R$ 800 mil. A concorrência fez com que o valor final pago pelo consórcio fosse de R$ 40 milhões.

Os contratos preveem investimentos ao longo do período de concessão.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters