kosovo wind farm

A Repsol, através de um aumento de capital de 168 milhões de euros, criou uma joint venture de 50% com o Grupo Ibereólica Renovables de Chile. Isto lhe dará acesso a um portfólio de ativos de energia elétrica em operação, construção ou desenvolvimento de mais de 1,6 mil MW até 2025, e a possibilidade de superar 2,6 mil MW em 2030.

Esta associação no Chile terá um portfólio de ativos diversificado (52% eólico e 48% fotovoltaico), distribuído em 78 MW de capacidade de geração renovável em operação, e 110 MW em construção, 1,5 mil MW em desenvolvimento avançado para entrar em operação em 2025, e outros 1 mil MW previstos para 2030, situados principalmente em duas regiões do norte do Chile: Antofagasta e Atacama.

O acordo permite à Repsol ter a opção de controlar a sociedade a partir de 2025.

“Em um contexto complicado, devido às consequências do Coronavírus, a Repsol reforça sua aposta na geração renovável e dá um passo significativo em seu objetivo de se tornar uma empresa de emissão líquida zero até 2050”, afirmou a companhia em comunicado.

Grupo Ibereólica Renovables

O Grupo Ibereólica Renovables é uma empresa de origem espanhola, com importante plataforma de desenvolvimento de projetos eólicos, solares e hidráulicos. Atualmente, tem no Chile 402 MW em exploração e 415 MW em construção, e mais 8,4 mil MW em desenvolvimento no Chile, Espanha, Peru e Brasil. O grupo tem sólida experiência em cada fase do setor eólico. Até hoje, o grupo espanhol já investiu mais de US$ 1,5 bilhão em projetos de energia renovável.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters