foto 2 DOS BOCAS

A depreciação do peso mexicano frente o dólar, em função da pandemia do Coronavírus, aumentará o custo de alguns projetos prioritários para o governo, entre os quais o da refinaria de petróleo Dos Bocas.

Segundo informa a imprensa local, o projeto localizado no estado de Tabasco aumentaria seu custo em 23,3%, levando-se em conta o orçamento original e a desvalorização cambial recente, visto que a maioria dos contratos é assinada em moeda dos Estados Unidos.

O projeto, em maio passado, custava cerca de 154 bilhões de pesos mexicanos (o que dava em torno de US$ 8,12 bilhões, com câmbio a 19 por 1). Não obstante, devido à depreciação que levou o peso mexicano a valer 23,8 por 1, o custo da refinaria deverá superar os 193 bilhões de pesos.

Além disso, especialistas e agências de risco afirmam que o orçamento do governo para o projeto está muito abaixo do necessário, que poderia ser calculado entre US$ 12 bilhões e US$ 14 bilhões, tomando como base projetos similares.

A refinaria de Dos Boca enfrenta um obstáculo adicional: o baixo preço do petróleo e a pouca demanda que há no mercado. Para o segundo trimestre, espera-se uma baixa de entre 15% e 20% na demanda, em função da crise do Coronavírus.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters