Iguazú

O presidente argentino Mauricio Macri visitou as obras já quase finalizadas para a ampliação do Aeroporto Internacional Cataratas de Iguazú. Entre outras modificações, foi ampliado o terminal de passageiros, que passou a ter 19 mil metros quadrados, dois novos portões de embarque, quatro novos fingers de acesso para embarque, e ampliou-se as áreas de controle e a pista de decolagem e aterrissagem.

O projeto demandou um investimento próximo aos US$ 40 milhões, que foram desembolsados em conjunto pelo governo argentino e a empresa concessionária Aeropuertos Argentina 2000. “O financiamento surge dos fundos e de um fundo destinado à infraestrutura que se cobra dos aeroportos, além de investimento direto da concessionária”, afirmaram representantes do governo.

Já foram concluídas as obras da nova torre de controle, dos novos estacionamentos e a ampliação da área comercial do aeroporto, que recebe entre 15 e 17 voos diários, inclusive com voos provenientes de Madri.

A obra deverá estar pronta no fim do ano, e vêm em bora hora, já que o aeroporto experimentou um aumento no fluxo de passageiros de 51% nos últimos anos, graças em parte à maior frequência de voos semanais, além das empresas “low cost”. A estimativa da Argentina 2000 é que quando este ano chegar ao fim, o aeroporto tenha recebido um número recorde de 1,5 milhão de passageiros, contra 1,1 milhão em 2018.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters