A presidente de Câmara Colombiana da Construção (Camacol), Sandra Forero, afirmou que o número de empreendimentos imobiliários que paralisaram as obras devido ao Coronavírus passa de 1,9 mil. “Apoiamos de maneira contundente as medidas do governo, porque o primeiro a se preservar é a saúde dos colombianos e de nossos trabalhadores em especial. Suspendemos 1.901 projetos que estavam em obras, e com isso falamos em cerca de 18,9 milhões de metros quadrados de construção detidos”, disse ela.

5e86a4f8ce470

No que se refere aos projetos de construção não residenciais, a área paralisada já supera os 7,8 milhões de metros quadrados.

A repercussão no emprego não será trivial. Em fevereiro, por exemplo, a construção colombiana gerou 255 mil novos empregos, consolidando-se como um dos ramos mais importantes para o mercado de trabalho do país. Em total, o setor gera ao redor de 1,7 milhão de empregos indiretos na Colômbia.

A Associação Nacional de Instituições Financeiras já estimou que este ano a economia do país deverá crescer entre 1,8% e 2%, em razão da pandemia. Um dos setores com maiores dificuldades seria o de construção, que teria um crescimento limitado a 1,6%, num cenário base, e de -0,1% num cenário pessimista.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters