Río Negro está investindo US$ 9,5 milhões no setor.

cloacas

A província de Río Negro, na Argentina, contará a partir de 2020 com melhorias em seu sistema de esgoto, graças a um investimento de US$ 9,5 milhões na rede. A capital, Viedma, tem obras com 20% de avanço em relação ao projeto, e pretende chegar à universalização do serviço de esgoto num prazo de 20 anos. O projeto prevê também estender o sistema nove quilômetros afora da área urbana.

“É nossa maior obra não apenas por sua dimensão e valor, mas principalmente pelo que significa o saneamento, assim como pela decisão do governador de incluir todos os planos diretores de saneamento no marco do Plano Castello”, disse o secretário de Obras e Infraestrutura Alejandro Echarren.

As estações de tratamento já têm obras começadas, ainda em etapa de movimentação de terra. Uma elevatória para trazer o esgoto até a estação de tratamento também já está em construção.

Além da cidade de Viedma, o Plano Castello (que financia o projeto) já iniciou intervenções em outras cidades de Río Negro, como Las Grutas, Río Colorado, Luis Beltrám, Picaniyeu, Mainqué, Cinco Saltos, Villa Regina e Playas Doradas.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters