Viking Link construction site

O primeiro canteiro de obra que retira sua energia de células de combustível à base de hidrogênio está em atividade em Lincolnshire, Reino Unido. A informação é da Siemens, a grande especialista alemã em sistemas industriais de energia, que instalou o sistema autônomo e ecológico no projeto de interconexão elétrica Viking Link.

De acordo com a Siemens, o canteiro de obra não terá acesso à rede de distribuição de eletricidade, e por isso escolheu-se um sistema de geração por células de hidrogênio. O sistema é capaz de prover luz, calor e força para todo o canteiro em todas as suas funções, dispensando completamente o uso de geradores movidos a diesel.

O sistema proverá energia trifásica com potência de 400V, e até 80 kW de calor para as cerca de 20 cabines onde se alojam os que estão ali trabalhando no canteiro.

GeoPura Fuel Cell Viking Link

O sistema de energia por hidrogênio foi desenvolvido por uma firma associada da Siemens, a GeoPura, que usa energia que antes se perdia nos sistemas de resfriamento da Siemens. Agora, o calor passa por um intercambiador térmico que o utiliza para aquecer água e gerar calor.

O sistema tem armazenamento de 216kW em baterias, o que de acordo com a Siemens é uma proteção contra variações na demanda por eletricidade no canteiro, e melhora a eficiência do sistema. Com as baterias de resguardo, o sistema fica livre de apagões, se por acaso acontecer alguma interrupção na geração por hidrogênio.

Além das cabines e outras funções do canteiro, a energia do hidrogênio estará disponível para veículos elétricos em uso na obra, através de seus pontos de carga instalados.

A Siemens estima que uma tonelada de CO2 será economizada por semana neste canteiro de obra.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters