Projeto quer disponibilizar 35 novos pontos de atracação.

VERACRUZ

A primeira etapa da ampliação do Porto de Veracruz, no México, tem já 85% de avanço. Estas instalações operarão as primeiras nove posições de atracação, de um total de 35 molhes, e devem estar prontas para operar em 2019.

O diretor de Administração Portuária Integrada de Veracruz (Apiver), Juan Ignacio Fernández Carvajal, comentou que “nesta etapa, iniciada em 2014, foram investidos US$ 164,5 milhões, dos quais 80% correspondem a investimento privado e 20% a investimentos públicos”.

A nova zona de atividades logísticas (ZAL) contará com 200 hectares de superfície, onde operarão cinco novos terminais de carga para produtos agrícolas, minerais, contêineres de carga, granéis líquidos, entre outras. Além disso, segundo Jorge Baños, gerente de desenvolvimento de projetos da Apiver, “os molhes estão projetados para contar com um máximo de 20 metros de profundidade, mas iniciaremos as operações com 15 metros e iremos adequando”.

A segunda fase da primeira etapa de ampliação contempla outro terminal de contêineres e um novo terminal de carga mista. Esta ampliação obedece ao que algumas projeções apontam, no sentido de que nos próximos 50 anos o porto de Veracruz receberá navios de até 400 metros de comprimento, quadruplicando sua carga anual, alcançando 96 milhões de toneladas por ano. Isto será através dos deques que ficarão ao longo dos 2,8 km de extensão.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters