Cross Border Express recebe investimentos devido à alta demanda de usuários.

puente CBX

A ponte binacional Cross Border Express (CBX) começa a esboçar o início de sua ampliação no lado dos Estados Unidos, num projeto que deve encontrar sua conclusão em 2019. Fronteiriça com o México, a ponte faz parte de um centro aduaneiro administrado pelo Grupo Aeroportuário del Pacífico, que analisa também a construção de um edifício para trâmites no local.

“No ano passado, tivemos mais de 1 milhão de usuários, e mais de 85% deles cruzaram a fronteira em menos de 15 minutos. Esta é a promessa que temos na CBX e queremos continuar assim. Em janeiro de 2019, vamos investir mais”, afirmou a empresa.

A passagem inaugurada em 2015 conecta o departamento de migração de ambos os países. No ano passado, o uso intensivo desta estrutura fez com que novos US$ 5 milhões fossem investidos para melhoramento de serviços. Além disso, a princípios deste ano já se haviam anunciado mais US$ 7 milhões para a ampliação que agora se inicia.

O diretor comercial da infraestrutura, Luis Palacios, afirmou que companhias aéreas como Vivaaerobus, Interjet, Hainan Airlines e Volaris aumentaram o número de voos devido à existência desta ponte binacional.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters