Uma das maiores construtoras do Peru vive ano de sonhos.

Cosapi

Cosapi

A construtora peruana Cosapi, uma das maiores do país, anunciou aumento de 72% na receita registrada entre janeiro e setembro deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado. Com isso, a empresa faturou cerca de US$ 340 milhões, provenientes principalmente das áreas de serviços de construção, engenharia e mineração.

Nos três primeiros trimestres do ano, a Cosapi registrou um lucro líquido acumulado de US$ 5 milhões, 726% acima do registrado no mesmo período do ano passado, quando o lucro líquido havia sido de cerca de US$ 600 mil no acumulado até ali. Só no terceiro trimestre de 2017, o lucro líquido ficou em US$ 3 milhões, revertendo totalmente o prejuízo de US$ 900 mil do mesmo período do ano passado.

Em função do maior número de vendas, o Ebitda da companhia aumentou 44% com relação aos primeiros nove meses de 2016.

No período janeiro-setembro, a Cosapi triunfou nas licitações de oito projetos, valendo um montante de US$ 97 milhões, todos eles impactando para bem sua linha de engenharia e construção. Entre eles destacam-se a ponte sobre o rio Nanay e a dragagem de 14 quilômetros do rio Piura.

Com participação em projetos como a irrigação Majes Siguas II em Arequipa, e alinha 2 do metrô de Lima, a Cosapi conta hoje com um backlog ao final do terceiro trimestre de US$ 1,81 bilhão.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters