Embora o Peru seja o segundo país mais afetado pela pandemia da Covid-19 na América do Sul, um decreto presidencial decidiu suavizar as restrições a alguns setores da economia, em função de uma previsão para o PIB do país de queda de 14% este ano.

Dentre os setores que serão beneficiados pelo afrouxamento das regras estão a mineração, construção, agricultura e pesca, que foram paralisados a partir de meados de março.

“Com a finalidade de reativar a economia de maneira gradual e retomar o crescimento dos macroindicadores, o governo oficializou a retomada de 27 atividades em quatro setores econômicos, de maneira gradual, incorporando precauções e medidas de proteção necessárias para prevenir os contágios e minimizar os riscos de uma nova onda do Coronavírus”, como afirma o jornal El Peruano.

Até o momento, sabe-se que a construção deve ser retomada no dia 18 de maio.

Mineração

Ainda sem data definida, a mineração retomará a exploração, beneficiamento, armazenamento e transporte de minérios, assim como projetos de construção de interesse nacional em jazidas.

Na semana passada, foi informado que 210 trabalhadores da maior mina peruana, a Antamina, controlada pela BHP e a Glencore, contraíram o Covid-19. De todos eles, 87% passaram pelo problema sem apresentar sintomas.

 

 

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters