O presidente do Peru, Martín Vizcarra, anunciou um investimento de cerca de US$ 1,99 bilhão para a reconstrução dos territórios que sofreram com maior gravidade o impacto do fenômeno climático El Niño Costero, em 2017. Entre os territórios que receberão estes capitais, estão Tumbes, Piura, Lambayeque, La Libertad, Áncash, Lima, Ica, Huancavélica e Cajamarca. 

O anúncio foi realizado no marco de um convênio com o Reino Unido, acordo que considera obras de caráter permanente em 15 bacias, cinco quebradas e sete drenagens pluviais, para evitar novos danos provocados por chuvas. Além disso, os recursos apontarão à construção de 15 estabelecimentos de saúde (nove hospitais e seis centros de saúde) e 74 instituições educacionais. 

Vizcarra afirmou que os níveis de intervenção nas bacias dos rios serão de caráter permanente, para evitar novos impactos de desastres naturais. 

“O investimento que se tem estabelecido para os próximos dois anos é de cerca de 7 bilhões de soles, e de agora que firmamos o acordo até o fim do ano, superaremos o bilhão de soles (US$ 300 milhões) de investimento contemplado por este convênio”, declarou o presidente. 

Na assinatura do acordo, o primeiro ministro do Reino Unido, Boris Johnson, fez uma declaração por meio de videoconferência, na qual destacou a cooperação e colaboração entre ambos os países para realizar esta série de projetos no Peru.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters