Pequenas hidrelétricas Moquegua 1 e 3 foram licitadas à espanhola Sacyr em consórcio com a GCZ.

A Empresa de Geração Elétrica do Sul (Egelsur, do Peru) convocou uma licitação para construção de duas novas pequenas centrais hidrelétricas no país. O consórcio vencedor é composto pela espanhola Sacyr e a peruana GCZ, que terão prazo de 30 meses para entregar os projetos a um orçamento de US$ 115 milhões.

As obras em questão são a instalação das PCHs Moquegua 1 e 3. A Central Hidrelétrica Moquegua 1 terá 15,3 MW de potência instalada, e será construída realizando-se um desvio das águas do canal Huaracane com extensão de 8.360 metros, dos quais 6.560 serão por tubulações. As obras compreenderão também uma câmara de cargas, tubulações reforçadas de 1,2 km, a sala de máquinas e a descarga controlada da água no canal Torata-Tumilaca.

Já o projeto de Central Hidrelétrica Moquegua 3 será de 18,3 MW de potência instalada, e usará as águas do canal Sajena e conduzirá por 7.211 metros, 4.295 dos quais por meio de tubulações. Ali também será feita uma câmara de carga, tubulação reforçada com 2.660 metros, sala de máquinas e descarga das águas para o mesmo rio Sajena.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters