Obra vai fortalecer o abastecimento de água potável e tratar esgoto do sul de Lima. 

desalinizadora

A construção de uma planta dessalinizadora de água, que está com 70% de andamento em suas obras, deverá levar água potável em forma permanente aos moradores do sul de Lima, no Peru.

O projeto beneficiará mais de 100 mil pessoas diretamente, ampliando o horário de abastecimento de água potável às 24 horas do dia, e além disso tratará o esgoto de certos locais, reduzindo assim a contaminação do mar.

A obra deverá estar concluída em 2020, e sobre isso o ministro de Moradia, Construção e Saneamento do Peru, Miguel Estrada, afirmou que “este é um passo rumo ao futuro, já que estas tecnologias amigáveis com o meio ambiente podem ser usadas em outros lugares, por isso o Peru está apostando nestas tecnologias que permitem obter água de qualidade, de forma sustentada, aos bairros do sul de Lima”.

O investimento total neste projeto é de US$ 80 milhões, incluindo três frentes de trabalho. O primeiro é o melhoramento de algumas estações de tratamento no distrito de Santa María del Mar; o segundo seria a construção da estação propriamente dita, que por si só custaria US$ 77 milhões; e o último componente do projeto é a ampliação da dessalinização e do tratamento de esgoto, cujos fluxos de trabalho ficarão em 400l/s e 180 l/s, respectivamente.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters