Prefeituras passam a preferir o método devido à alta no preço do asfalto.

adoquines

A alta dos preços do asfalto no Brasil, que chegou a superar os 60% no ano passado (mesmo sendo o país produtor de petróleo), está fazendo com que pequenas cidades encontrem dificuldades em realizar manutenções viárias com outros métodos. Os blocos de concreto e a técnica do pavimento intertravado estão em alta.

A opção, além de mais barata, atende requisitos ambientais interessantes. Por ser um produto de concreto, não emite gases de feito estufa na sua produção, como o asfalto. Os blocos do pavimento intertravado também têm maior permeabilidade, o que pode proteger as cidades de inundações em caso de fortes chuvas.

Entidades do setor de cimento e concreto estimulam as pequenas e médias cidades a adotar o bloco de concreto em suas obras viárias.

A Bloco Brasil e a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) promovem cursos de treinamento sobre os blocos e o pavimento intertravado, inclusive ensinando pessoas não profissionais que vivem nas comunidades a realizar a pavimentação manual com os blocos.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters