Empresa de termoeletricidade investirá US$ 50 mi para construir dois terminais de uso privado.

Panamá

A construção de dois terminais portuários, um para navios de até 200 metros, e outro para navios de até 300 metros, é o projeto da empresa Parque Energético Río Alejandro, e se enquadrará na estrutura do porto Pilón, na cidade panamenha de Colón.

Para dar condições de que as obras aconteçam, o governo do Panamá anunciou a concessão de 31 hectares de fundo marinho para a empresa. Segundo a resolução oficial publicada em 29 de maio, ficam concedidos os direitos de aproveitamento, uso e exploração do fundo marinho na área.

Além da superfície aquática, se agregam à concessão por 20 anos uma superfície de 4.738 metros quadrados para as obras associadas aos terminais. Ambos os recintos serão utilizados para o movimento de cargas de granel líquido, assim como também gás natural e gás liquefeito de petróleo, entre outros, com destino à central termoelétrica da empresa Río Alejandro, nas proximidades.

De acordo com a documentação apresentada, a empresa concessionária fará investimentos de cerca de US$ 50 milhões para materializar o projeto.

 

 

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters