Como em todos os anos, a consultoria norte-americana CG-LA lançou uma nova lista com os 100 principais projetos de infraestrutura considerados mais estratégicos na América Latina, que em seu conjunto demandariam investimentos de mais de US$ 170 bilhões.

Neste artigo, compilamos os 10 mais caros projetos e que, se forem realizados, implicarão um desembolso conjunto de US$ 99, 8 bilhões.

Os 10 projetos de maior investimento 

1. Abastecimento de combustível

Setor

Oil & Gas

Local

Regional

Valor

US$ 20 bilhões

Estado 

Planejamento

 Descrição

O primeiro deles é do setor oil & gas e demandaria investimentos de US$ 20 bilhões.

Esta iniciativa da holding Sea One apresenta uma nova tecnologia para o transporte de gás natural e liquefeito através do que chamam Líquidos de Gás Comprimido (CGL), e que segundo a empresa é um transporte mais eficiente e econômico. A ideia é poder transportar o insumo dos Estados Unidos ao Sul do continente.

2. Aqueduto Reguemos Chile

Setor

Água e tratamento

Local

Chile

Valor

US$ 20 bilhões

Estado

Planejamento

 Descrição

O projeto da Corporação Reguemos Chile também demandaria investimentos de US$ 20 bilhões, é uma iniciativa público-privada de infraestrutura hídrica que permitirá captar, armazenar e transportar água do sul do país, onde a água é abundante e não é utilizada em sua total capacidads no inverno, para o norte, zona onde a água é escasa e necessária para distintos usos, entre eles a agricultura.

Este projeto está há vários anos em planejamento, mas dada a atual seca vivida no país, ganha especial interesse e permitiria levar água a um milhão de novos hectares.

3. Ferrovia Bioceânica

Setor

Ferroviário

Local

Regional

Valor

US$ 15 bilhões

Estado

Viabilidade

 Descrição

O Corredor Ferroviário Bioceânico Central é um projeto ferroviario que cruza o Brasil, Bolívia, Paraguai e Peru. O projeto uniria, através de 3.755 quilômetros de trilhos, o porto de Santos com o porto de Ilo, no Perú. O custo do projeto é calculado em US$ 15 bilhões.

A iniciativa tem até agora quatro estudos de pré-investimento elaborados pela Bolívia e um pelo Peru. O financiamento está praticamente assegurado por um consórcio privado suíço-alemão, além de uma série de países europeus que mostraram interesse em participar, entre os quais Rússia, Espanha, China, Alemanha, Suíça e Itália.

4. Corredor Interoceânico

Setor

Portos e logística

Local

Guatemala

Valor

US$ 10 bilhões

Estado

Viabilidade

 Descrição

O Corredor Interoceânico da Guatemala é um projeto que propõe uma via seca como alternativa ao Canal do Panamá. Sua execução, que demandaria investimentos de US$ 10 bilhões, comprende a construção de un canal seco de 372 km com duas ferrovias, uma rodovia projetada principalmente para transporte de carga, óleodutos, gasodutos, uma rede de geração e distribuição de energia elétrica, e outra de fibra ótica. Em ambas as margens se prevê a construção de portos, que seriam os maiores da América Central, capazes de receber navios com cargas de mais de 14 mil contêineres.

O projeto está apenas no papel desde 2012 e não houve avanços significativos.

5. Refinaria Dos Bocas

Setor

Oil & Gas

Local

México

Valor

US$ 7,7 bilhões

Estado

Construção

 Descrição

O maior projeto mexicano é o da refinaria Dos Bocas, da Pemex, que compreende o desenvolvimento de um complexo que terá capacidade para processar 340.000 barris de petróleo diários. Cabe mencionar que, a fins de julho, a Secretaria de Energia do México designou a ICA Fluor, a Samsung Engineering e a KBR os contratos de cinco pacotes de construção para este megaprojeto.

6. Corredor Istmo de Tehuantepec

Setor

Portos e logística

Local

México

Valor

US$ 7 bilhões

Estado

Conceitual

 Descrição

O Corredor Interoceânico do Istmo de Tehuantepec é um dos principais projetos de infraestrutura do atual governo federal do México para detonar o desenvolvimento econômico da zona sul-sudeste do país. Tal como o corredor guatemalteco, este projeto também busca conectar os oceanos Pacífico e Atlântico.

A meados de junho a Secretaria de Fazenda e Crédito Público publicou um decreto para criar um órgão público descentralizado, com personalidade jurídica e patrimônio própio, para desenvolver a iniciativa.

7. Trem Maya

Setor

Ferroviário

Local

México

Valor

US$ 6,3 bilhões

Estado

Planejamento

 Descrição

O projeto do Trem Maya é una iniciativa ferroviária que pretende conectar os estados mexicanos de Quintana Roo, Chiapas, Tabasco, Campeche e Yucatán com uma linha de 1.500 km e investimento de cerca de US$ 6,3 bilhões.

A fins de julho, oito consórcios apresentaram suas propostas econômicas e técnicas para a engenharia básica do projeto.

8. Rede de Expressos Regionais

Setor

Mobilidade urbana

Local

Argentina

Valor

US$ 5 bilhões

Estado

Coleta de dados

 Descrição

A Rede de Expressos Nacionais de Buenos Aires pretende unir 14 linhas e ramais ferroviários através de 20 km de túneis com uma estação central sob o Obelisco, conectando também com quatro linhas de metrô, com o Terminal de Ônibus de Buenos Aires e o sistema Ecobici.

Este projeto demandaria investimentos de cerca de US$ 5 bilhões.

9. Metrô de Bogotá

Setor

Mobilidade urbana

Local

Colômbia

Valor

US$ 4,7 bilhões

Estado

Coleta de dados 

 Descrição

Depois de mais de seis décadas, este projeto pode finalmente sair. Será a primeira linha de metrô de Bogotá, que percorrerá uma distância de 24 quilômetros, contará com 16 estações, e pode começar a se construir no final deste ano, entrando em operação em 2024.

10. Trem Alta Velocidade Chiriqui

Setor

Mobilidade urbana

Local

Panamá

Valor

US$ 4,1 bilhões

Estado

Viabilidade

 Descrição

O Panamá está estudando a possibilidad de um trem de passageiros e carga entre a capital e Chiriqui. O percurso, que hoje leva entre 6 e 8 horas em carro, através deste trem que alcançaria 160 km por hora, poderia levar só duas horas e meia para cobrir a distância de quase 400 quilômetros.

Leia o relatório completo e conheça a lista dos 100 projetos mais estratégicos da região na edição de setembro da CLA. 

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters