O departamento de Justiça dos Estados Unidos assinalou que as atividades ilícitas da empresa equivaliam a um “massivo e incomparável sistema de suborno y fraude”.

Ao mesmo tempo, a empresa brasileira de petroquímicos, Braskem, também foi declarada culpada e pagará US$957 milhões por sua participação em subornos em escala global.

A Braskem é propriedade conjunta da Odebrecht e a Petrobras, também objeto de investigação da Lava Jato.

O assistente do Fiscal Geral dos Estados Unidos, Sung Hee-Suh, detalhou que “a Odebrecht e a Braskem utilizaram uma unidade de negócio oculta, mas em pleno funcionamento, um' departamento de suborno 'que pagava sistematicamente centos de milhões de dólares a funcionários de governos corruptos em países de três continentes”.

Citando às atividades criminais da Odebrecht, que datam de 2001, o Departamento de Justiça disse que a operação foi dirigida pelos mais altos níveis da companhia, com os subornos pagos através de uma complexa rede de companhias de referência, transações não registradas e contas de bancos off-shore.

Um exemplo da natureza endêmica da conduta delitiva da Odebrecht aconteceu com a revelação de que a empresa comprou seu próprio banco em Antiga para garantir a continuidade de suas transações financeiras clandestinas.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters