Material funcionaria como elemento construtivo e gerador de força.

Solar squared

Um grupo de pesquisadores da Universidade de Exeter, na Inglaterra, projetara, blocos de vidro com pequenas células solares integradas. Além de deixar passar a luz natural, através das células os blocos geram energia elétrica.

Os chamados Solar Squared, além de garantir o isolamento térmico, permitem que a luz solar entre nos edifícios. Sua fabricação prevê a máxima captação de energia solar. Uma vantagem significativa destes blocos é que eles podem se integrar tanto em construções novas como em reformas. “O desenho modular é completamente escalável e permite uma perfeita integração arquitetônica”, dizem os pesquisadores. “A natureza simplificada da tecnologia permite incorporar materiais de construção convencionais, o que significa que suas aplicações são muito numerosas”.

Até agora, a maior dificuldade era o preço. O professor dr. Hasan Baig destaca que mais do que compará-los com os painéis solares convencionais, é necessário agregar a economia de energia que o produto apresenta, para além do valor do próprio bloco como material de construção.

Os blocos estão em fase de testes e a equipe de Exeter espera uma patente para trazer à luz esta tecnologia já em 2018. 

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters