Continua o intenso projeto de expansão do sistema metroviário da capital chilena. 

metro santiago

Está previsto para 2022 o início de operações da extensão da linha 2 do metrô de Santiago do Chile, com quatro novas estações. As obras de ampliação desta linha recém começaram, e quando estiverem terminadas deverão beneficiar 550 mil pessoas na zona sul da capital chilena, cujo tempo de percurso até o centro deverá reduzir em 52%. 

São 5,2 km de novas linhas a serem construídos neste projeto. “É um benefício enorme esta diminuição do tempo de transporte, um aumento na qualidade de vida da população”, disse o presidente da empresa Metro de Santiago, Louis de Grange. O projeto vai consumir investimentos de US$ 410 milhões. 

Tal como nas recém inauguradas linhas 3 e 6 do metrô de Santiago, o método de construção será o método austríaco NATM, pelo qual os poços de acesso ao subterrâneo são escavados e construídos na profundidade da linha, e a partir deste ponto de acesso se definem as estações e se escava a linha de tráfego de trens para ambos os lados da estação.

Além disso, o metrô da capital chilena continua trabalhando na extensão das linhas 3, 4 e 6, e por outro lado na construção das linhas 7, 8 e 9. Em paralelo, se está trabalhando numa proposta de 75 quilômetros adicionais que são previstos para a linha 10, com extensões e ramais além dos que existem.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters