Puerto Colombia

No contexto do Plano Nacional de Desenvolvimento da Colômbia, assinaram-se dois contratos de concessão com o Porto Bahía Colombia e a outorga da concessão do Porto de Pisisi, ambos no Golfo de Urará, no litoral caribenho do país.

A nova infraestrutura busca potencializar as exportações de produtos fabricados no interior do país, encurtando seu caminho até o mar. O contrato para o Porto Bahía Colombia de Urabá contempla investimentos de US$ 249 milhões em obras civis, e outros US$ 52 milhões em maquinário e equipamentos; e tem projeções de movimentar 6,6 milhões de toneladas.

A estrutura terá um deque de 570 x 91 metros, cinco posições de atracação, um viaduto de pista dupla, pensado para circulação de oito caminhões simultaneamente. Com tais dimensões, será capaz de receber navios de até 367 metros e 13 mil TEUs. Poderá operar cargas como granéis, veículos e outros tipos de mercadoria.

Já o porto de Pisisi tem planejamento de investimento de US$ 133 milhões, e a assinatura do contrato de concessão está planejada para janeiro do ano que vem. O novo terminal, também multipropósito, poderá movimentar 300 mil toneladas em seu primeiro ano de operação, mas com incrementos poderá chegar a 1,7 milhão de toneladas.

O presidente da Agência Nacional de Infraestrutura, Louis Klein, afirmou a respeito que “a região de Urabá, por sua localização geográfica, se torna um dos pontos estratégicos para aproximar do exterior os produtos provenientes de Antioquia, Cundinamarca e do Eixo Cafeicultor, regiões de onde saem 70% do PIB do país”.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters