O mercado imobiliário brasileiro voltou a crescer, graças ao programa Minha Casa Minha Vida, de moradias sociais subsidiadas pelo governo.

De acordo com a Associação Brasileira das Incorporadoras de Imóveis (Abrainc), entre fevereiro e abril o mercado lançou 18.410 novas unidades (crescimento de 2,2% em relação ao mesmo período de 2019), enquanto as vendas nestes meses foram de 29.902 unidades (representando crescimento de 6,7% diante do mesmo período do ano passado).

A associação afirma que os apartamentos destinados a médio e alto padrão venderam menos neste período em relação ao ano passado. O número de novas unidades destes segmentos caiu 18%, e o número de vendas caiu 24,7%.

Entretanto, os imóveis produzidos para comercialização subsidiada tiveram crescimento de 10,5% em unidades lançadas, e de 20,3% em unidades vendidas, sempre entre fevereiro e abril.

As unidades residenciais subsidiadas compensaram a queda nos lançamentos imobiliários e na venda para os segmentos sociais de maior renda.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters