Tren Alta Velocidad

O projeto ferroviário México- Querétaro, que havia sido cancelado em 2014, poderá voltar a acontecer. Isto porque um grupo de empresários entregou uma proposta à Conferência Nacional dos Governadores e à Comissão de Infraestrutura do Conselho Coordenador Empresarial.

A Câmara Mexicana da Indústria da Construção (CMIC) incluiu o projeto como parte de um plano de 264 obras de infraestrutura.

Segundo a proposta, o valor do projeto considera um investimento público-privado de cerca de US$ 1,85 bilhões, um valor muito abaixo dos US$ 2,63 bilhões com os quais a licitação anterior teria acontecido.

Em novembro de 2014, o projeto foi licitado a um consórcio integrado pela China Railway Construction Corporation, Prodemex, Constructora y Edificadora Gia, GHP Infraestructura Mexicana e Constructora Teya. Porém, um escândalo envolvendo a empresa Juan Armando Hinojosa, que tem relações com a Constructora Teya, anulou o contrato.

Financiamento

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, já havia expressado o desejo de ressuscitar o projeto mediante PPP. “Não poderíamos por razão de não dispor dos recursos e por uma questão de prazos, não queremos deixar obras por concluir”, disse.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters