Ideia é gastar US$ 1,2 bi anuais em conservação, manutenção e construção de estradas.

carreteras

A contar do próximo ano, o México pretende investir cerca de US$ 1,2 bilhão anuais na conservação, manutenção e construção de mais de 40 mil km de rodovias. Para se comparar com o investido este ano, o setor rodoviário mexicano recebeu US$ 475 milhões.

O futuro subsecretário de Infraestrutura do México, Cedric Iván Escalante Sauri, comentou em entrevista coletiva que “a atual administração nos informou que 78% da malha viária mexicana estão em boas condições, o problema seriam os 22% restantes”. Em particular, os estados mais afetados com a qualidade de suas vias são Veracruz, Oaxaca, Chiapas e Guerrero.

Nessa linha, Escalante afirmou que, em dezembro, quando a nova administração do presidente eleito Andrés Manuel López Obrador tiver tomado posse, começarão a publicar licitações para projetos rodoviários e outros projetos de infraestrutura hoje não terminados, como o chamado Paso Express de Cuernavaca.

 

 

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters