Metso outotec logo

Começou esta semana a nova etapa do desenvolvimento de uma das maiores e mais importantes empresas do setor de processamento de materiais. A Metso iniciou a operação unificada com a Outotec, e agora o centenário nome Metso muda para Metso Outotec, com operação mundial em setores que já tinha participação e outros mais.

Em entrevista coletiva virtual com jornalistas da América Latina, executivos da Metso Outotec explicaram detalhes do que significará esta nova formação corporativa. Da Finlândia, participou Eeva Sipilä, CFO da Metso Outotec, e do Chile falou Eduardo Nilo, presidente da nova empresa para a América do Sul.

A nova companhia nasce com vendas anuais de 4,2 bilhões de euros, mais de 15 mil empregados distribuídos em mais de 50 países. De suas vendas totais, a Metso Outotec retira 61% da receita do setor de mineração, 26% do setor de agregados pétreos, e os 13% restantes de metais e reciclagem.

Eeva_Sipilä (1)

Eeva Sipilä

A incorporação da Outotec amplia o escopo de negócio da Metso. Agora, a Metso Outotec atuará com mais força no setor de metais. Por exemplo, as tecnologias de refino de metais provêm da anterior Outotec, e agora são parte da oferta da Metso Outotec, de acordo com os executivos.

Assim, a Metso Outotec é uma empresa que pode oferecer soluções para toda a cadeia de processamento de materiais. Do mineral ao metal (em caso de mineração metálica), a nova empresa terá oferta comercial de britagem, peneiramento, manipulação de granéis, moenda, flotação, manuseio de polpa, lixiviação, desaguamento, gestão de rejeitos, plantas de concentração, metalurgia para metais ferrosos, preciosos e de bateria, acidulação e tratamento de gases, tratamento de efluentes.

Ou seja, a Metso OUtotec passa a atuar no refino de metais, o que vai ao encontro de uma forte preocupação ambiental expressada pelo presidente para América do Sul, Eduardo Nilo, na entrevista coletiva. “Estamos nos esforçando para reciclar o máximo de aço possível de nossos equipamentos, neste relacionamento de longo prazo que mantemos com os clientes”, disse.

metso-boliden-aitik-sweden-ag-and-ball-mill

Inovação

Com mais de 8,2 mil patentes registradas, a Metso Outotec investe em pesquisa e desenvolvimento um valor de 100 milhões de euros por ano, de acordo com Eeva Sipilä. São ao todo 230 colaboradores dedicados a promover inovações tecnológicas em 30 centros mantidos pela empresa em todo o mundo.

Um dos efeitos deste trabalho é a otimização operacional dos clientes por meio do acompanhamento digital remoto. O Performance Center da Metso Outotec, que na América do Sul é baseado em Santiago do Chile, oferece os serviços de manutenção preditiva e análise avançada dos parâmetros de operação. Até agora, são 800 britadores Metso Outotec conectados com este centro de análise, além de 600 projetos de automação de plantas e 315 instalações de otimização de processos.

Covid-19

Eduardo Nilo_11 (1)

Eduardo Nilo

Ao contrário do que poderia parecer, a Metso Outotec não espera uma queda brutal em seus negócios na América do Sul em função da pandemia. O que se explica pelo fato de que nem todos os projetos de mineração foram totalmente detidos na região.

Em fevereiro, víamos um cenário mais negativo, mas pouco a pouco começamos a ver um panorama que provavelmente indica um ano de crescimento zero em 2020, mas sem perdas”, disse Eduardo Nilo.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters