A única empresa postulante que ficou de fora foi a China Railways.

Os consórcios empresariais Metro de Bogotá, APCA Metro Capital, Consorcio Sunrise, APCA TransMetro, Consorcio Línea 1 e Unión Metro Capital foram aceitos para participar da última etapa do processo licitatório internacional que determinará quem irá construir e operar a primeira linha de metrô da capital colombiana.

MEtro de Bogotá

Sete grupos empresariais haviam sido avaliados na primeira seleção, agrupando um total de 39 empresas de 12 países. Os postulantes tiveram que apresentar experiência na execução de obras civis, fabricação e fornecimento de trens, instalação de ferrovias e projeto, além de já ter a experiência de ter administrado sistema de metrô. “Que seis dos sete grupos que se candidataram tenham apresentado certificações de experiência, capacidade financeira e legal, isto confirma que estamos com as melhores empresas do mundo e que elas creem no processo por sua clareza e transparência”, afirmou o engenheiro Andrés Escobar, gerente da Empresa Metro de Bogotá.

Assim, dos sete consórcios, o único que não era integrado por um coletivo de empresas era o da China Railways Group Limited, que não conseguiu demonstrar o cumprimento de todos os requisitos e ficou fora dos seis finalistas. Os grupos finalistas terão quatro semanas para apresentar comentários, sugestões e os apêndices com as especificações técnicas do projeto. Assim, após apresentar os documentos definitivos, os grupos poderão apresentar suas ofertas econômicas em agosto.

Uma vez recebida a documentação necessária, a Empresa Metro de Bogotá comparará as propostas, com o objetivo de assinar o contrato entre setembro e outubro. O consórcio ganhador terá a missão de realizar o projeto, obter financiamento, fazer as obras, fornecer trens e equipamentos, além de assumir a operação e manutenção do metrô pelos primeiros 20 anos de operação comercial.

Os consórcios tinham também que certificar um patrimônio de US$ 1,75 bilhão, e ter obtido um financiamento recente para projetos de infraestrutura pelo valor mínimo de US$ 1,5 bilhão.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters