Novo complexo consumirá mais de US$ 40 milhões para prestar serviços jurídicos e penais.

polo judicial mendoza

A província de Mendoza, na Argentina, vai construir um complexo de edifícios para seu Poder Judiciário cujo valor será de mais de US$ 40 milhões. Os novos prédios do Tribunal de Justiça, do Ministério Público Fiscal e da Estação Transitória de Detentos poderão evitar mais de 1 mil traslados mensais de processados e condenados que vão e voltam de audiências e controles de detenção.

O Polo Judicial Penal de Mendoza está atualmente em fase inicial de obras, sendo que o prédio do Ministério Público tem 8% de avanço, a Estação Transitória tem 9% de progresso e o do Tribunal está em 22%. Mas a previsão de entrega é logo, em outubro deste ano.

Da Estação Transitória, sairá uma estrutura subterrânea para passagem à Penitenciária. A Estação receberá os detentos dos complexos penitenciários de Mendoza e os detidos em delegacias da região.

O consórcio UTE Stornini Ayfra Construcciones San Jose tem à disposição US$ 17,5 milhões e 12 meses para dar conta da obra, cuja superfície construída será de 1,5 hectare. A obra está sendo feita com um misto de pré-fabricados de concreto e concreto armado. O projeto compreende também a construção de uma subestação elétrica dedicada para o complexo.

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Inscreva-se grátis

Newsletters

O Informativo Semanal de Construção conta com as últimas notícias da indústria mundial, proporcionando uma grande quantidade de informação aos profi ssionais da construção.

Vá a Newsletters